Buscar

Introdução a Psicologia Social

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

→ Estudo cientifico da influência recíproca entre as pessoas (interação social) e do processo cognitivo 
gerado por esta interação (pensamento social). 
➔ Pensamento social: processos cognitivos decorrentes da interação social/processos mentais 
superiores (expectativas, pensamentos, julgamentos, processos de informações etc.). 
→ Interação humana e suas consequências cognitivas comportamentais → objetivo material da psicologia 
social. 
→ Método científico → objeto formal da psicologia social – a maneira pela qual estuda seu objetivo material. 
 
➢ Reflexão e estudo da relação dos indivíduos com o coletivo em que estão inseridos; 
1. Estudo do comportamento em interação social; 
2. Dimensão subjetiva dos fenômenos sociais. 
• A psicologia social estuda o caráter latitudinal do fenômeno psicossocial originário de estímulos 
sociais/fatores situacionais. 
• Não exclui o caráter longitudinal ou vertical (experiências passadas, fatores hereditários, características 
de personalidade), mas apenas recorrendo a ensinamentos de outras áreas de estudo. Não é seu objeto 
de estudo. 
 
A psicologia social é, então, o estudo científico de manifestações comportamentais de caráter 
situacional suscitados pela interação de uma pessoa com outras pessoas ou pela mera expectativa de tal 
interação, bem como dos processos cognitivos e afetivos suscitados pelo processo de interação social. 
 
• A psicologia social ocupa-se do estudo do indivíduo em sociedade e não da sociedade propriamente 
dita. 
• Estuda cientificamente o processo de interação entre as pessoas, a psicologia social permite que se 
tenha uma melhor compreensão do comportamento humano. 
• O social da psicologia social não é de sociedade, mas o indivíduo em sociedade. 
• Não é social num sentido macroscópico (movimentos políticos, instituições, problemas urbanos), mas o 
social num sentido microscópico (a interação entre dois ou uns poucos indivíduos, suas reações 
recíprocas, o pensamento que a expectativa e o contato com o outro provocam). 
• A psicologia depara-se com um conflito: o sujeito que estuda tem como objeto outro sujeito igual a ele; 
• Como a exigência científica é que haja distanciamento entre sujeito e objeto, a sociedade e o indivíduo 
permaneceram separados. 
• Primeiro grupo de teoria da psicologia social: a interação social, a interdependência entre indivíduos, o 
comportamento do indivíduo a partir de um lugar social, são objetos de estudo dessas teorias 
(percepção social, comportamento, comunicação, papéis sociais, grupos sociais e socialização). 
• Esse primeiro grupo de teorias teve sua origem no início do século XIX durante a expansão e a crise 
do capitalismo. Havia a necessidade de se entender o comportamento humano nas multidões. 
• A sociologia explicava algumas questões, mas a psicologia social surgiu na tentativa de solucioná-las 
(psicologia das massas e das multidões).

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes