19_Para Entender a Terra - Cap 17
1 pág.

19_Para Entender a Terra - Cap 17


DisciplinaGeologia8.333 materiais62.591 seguidores
Pré-visualização1 página
17.14 Origemdasmarésoceânicasa partirda atraçãogravitacionaldo Sol e da Lua.(a) A atraçâogravitacionalda Luacausa
:::Jmescênciasde águanosoceanosda Terra,umano lado próximoà Luae a outrano lado maisdistante.À medidaquea Terra
552Sintumescênciasmantêm-sealinhadase passamsobrea superfíciedo planeta,formandoasmarésaltasde sizígia.As posições
==daTerra,da Luae do Sol determinama alturada maréaltaduranteo mêslunar.(b) Na Luanovae nacheia,asmarésdo Sol e
-::c -e orçam-see formamas maisaltasmarés(sizígia).Na Luacrescentee na minguante,as marésdo Sol e da Luaestãoem
=ª: . causandomarésbaixas(marésde quadraturaou pré-maréalta).
CAPíTULO 17. Terrasob os Oceanos 437
horase 50minutos.Nessedialunar.~x.is·emd - maré altas,
comduasmarésbaixasentreela .
Quandoa Lua, a Tena e o Sol e tãoalinhados. - for>
gravitacionaisdo Sol e daLua sãorefor> -.15= pnxiuz
marésdesizígia,quesãoasmaisaltas:el ;;mo =euDOmede-
rivadoapartirdaaltura,nãodaestação.eapareceu:a d
semanas,duranteaLua cheiae anova.A ma.7sIIl.l!isDai.\: .
asmarésdequadratura,aparecementreasou -. d'.....c "~a
Lua novaeacrescente,quandoo Sol e aLua formam 1- =' -
gulasentresi comrelaçãoàTerra(verFigura1/.1-:' .
Emboraasmarésocorramregularmenteemtodos05 _ _ -
res,asdiferençasentreasmarésaltaseasbaixasyariameu:di-
ferentespartesdooceano.À medidaqueasprotuberân. -
águasdasmarésaumentamediminuem,elastambémsemo-
vemaolongodasuperfíciedooceano,encontrandoobs -
los, comocontinentese ilhas,quediminuemo fluxodaágua
No meiodo OceanoPacífico- no Havaí,por exemplo.onde
existepoucaconstriçãoouobstruçãoaofluxodasmarés-
ferençaentreasmarésbaixaealtaédeapenas0,5m.Prótimo
a Seattle,ondeacostaaolongodaAngradePugeté muitoir-
regulare asmaréssofremconstriçõesdevidoà existênia de
caminhosestreitos,a diferençaentreasduasmarésédecer a
de3 m.Marésexcepcionaisocorrememalgunslugares,como
naBaía deFundy,no lestedo Canadá,ondea variaçãopode
serdemaisde 12m. Muitaspessoasquevivemao longoda
costaprecisamsaberquandoasmarésvãooconer,demodo
queos governospublicamtabelasmostrandoa previsãode
daLua. No ladodaTerramaispróximodaLua, a água,
:<armaispertodosatélitenatural,experimentaumaatra-
=- vitacionalmaiorqueaatraçãomédiadetodaapartesó-
~ planeta.Issoproduzumaintumescêncianaágua,vista
:.unamaré.No ladodaTerramaisdistantedaLua, apar-
épuxadamaisemdireçãoaosatélitedoqueaágua,e
-=- entatersidopuxadaparalongedaTenacomoumaou-
ruberância.
--..:-im,duasintumescênciasdeáguaocorremnosoceanos
-=::a:umadoladomaispróximoàLua,ondeaatraçãototal
Qireçãoaela;eoutrano ladomaisafastado,ondeaatra-
édivergentedela(Figura17.14).A atraçãogravitacio-
-::~ltanteentreosoceanoseaLua atingeo máximono la-
~ Terraqueestádefrenteparaa Lua e o mínimono lado
a ela.À medidaqueaTerrarota,asintumescênciasde
têm-seaproximadamentealinhadas.Umaestásempre
_ IeparaaLua e aoutra,semprediretamenteoposta.Es-
mescênciaspassandosobrea Terraemrotaçãosãoas
-=altas.
_ -01,emboramuitomaisdistante,temtantamassa(e,des-
-'10. tantagravidade)queé, também,causadordemarés.
- ~s solaressãoumpoucomenoresqueametadedaaltu-
maréslunares.As maréssolaresnãosãosincrônicascom
- . es.As maréssolaresoconemàmedidaqueaTenarota
=zacada24horas,aduraçãodeumdiasolar.A rotação
--&quot; emrelaçãoà daLua é umpoucomaislonga,porque
semoveremtomodaquela,resultanumdialunarde24