P1_05mai09
2 pág.

P1_05mai09


DisciplinaEconomia Monetária724 materiais15.718 seguidores
Pré-visualização1 página
ECO 1219 / Semestre 2009.1 
Primeira Prova (P1) 
Duração: 1 hora 45 minutos. Não haverá prorrogação. Administre seu tempo com inteligência! 
Observação importante 1: Prova sem consulta. A interpretação das questões faz parte da avaliação. 
Observação importante 2: Respostas a questões que não foram formuladas, mesmo sendo perfeitas, 
receberão nota ZERO. Não perca tempo com isso. 
Observação importante 3: De preferência, escreva suas respostas usando caneta. 
Questão 1 (2,0 pontos): Uma das características mais marcantes (embora não exclusiva) da crise atual é a 
existência de instituições que foram salvas porque se considerou que a sua falência colocaria em risco ao 
sistema. É o famoso problema do \u201cToo Big to Fail\u201d. Explique a teoria econômica por trás desse 
problema e os riscos a ele associados. Utilize exemplos e faça referência aos textos indicados ao longo do 
curso. 
Questão 2 (2,5 pontos): O gráfico a seguir mostra a curva de juro doméstica brasileira no dia seguinte às 
quatro últimas decisões do Copom: 10 de dezembro (manutenção da taxa Selic em 13,75% ao ano), 21 de 
janeiro (corte de 100 pontos-base), 11 de março (corte de 150 pontos-base) e 29 de abril (corte de 100 
pontos-base). Hoje a taxa Selic está em 10,25% ao ano. Utilize os seus profundos conhecimentos das 
teorias sobre a estrutura a termo das taxas de juros e o que você sabe (ou deveria saber) sobre a 
conjuntura econômica brasileira, para comentar a evolução da curva de juros ao longo do período. 
Justifique. 
 
 
 
Questão 3 (2,5 pontos): O gráfico a seguir mostra a evolução de diversos indicadores monetários nos 
Estados Unidos no período janeiro 2001 \u2013 março 2009. É fácil perceber que mudanças dramáticas 
aconteceram a partir do segundo semestre do ano passado. O que foi que aconteceu, em particular com o 
multiplicador monetário, e por quê? Explique detalhadamente. 
 
Questão 4 (3 pontos): No artigo \u201cCycle-proof regulation\u201d publicado na revista The Economist no dia 8 de 
abril deste ano, Raghuram Rajan, professor da Universidade de Chicago, defendeu a formulação e 
implementação de mecanismos de regulação bancária que sejam imunes ao estágio do ciclo econômico. 
Quais os argumentos apresentados pelo Rajan para justificar essa tal \u201cimunização\u201d e quais as suas 
principais propostas? Explique detalhadamente a intuição econômica dos argumentos apresentados no 
artigo. Você concorda com o Rajan? Justifique. 
 
Rio de Janeiro, 05 de maio de 2009