5 romances brasileiros que caem no Enem


Dia dos Namorados tá aí, você voltando da aula meio triste, vendo os casais irem jantar ou ao cinema e pensando “quando vai ser minha vez?”. Olha, sobre um crush pra chamar de seu a gente não sabe, mas se o negócio for garantir notão no Enem e a vaga na facul dos sonhos, é com a gente mesmo.

Pra embalar esse dia dos namorados solteiríssimo a gente separou 5 romances da literatura brasileira que, vira e mexe, dão as caras nas provas do Enem. Alguns desses casais terminaram bem, outros nem tanto, mas o que importa é que todos vão te ajudar a mandar benzasso na prova. Bora ver? Aproveita essa chance de contar que passou pra faculdade quando sua tia vier perguntar sobre os namoradinhos. Essa novidade é bem melhor, vai!

O Guarani

O Guarani é um dos títulos mais famosos do escritor brasileiro José de Alencar e um dos mais conhecidos da fase nacionalista da literatura brasileira. Foi publicado por ele em 1857. A história também foi adaptada para uma ópera, escrita pelo compositor Antônio Carlos Gomes, em 1870. O casal principal da história é Peri e Ceci. Ela, filha de um membro da corte portuguesa, que veio para o Brasil com a sua família. Peri, um indígena de perfil “o bom selvagem”, típico das narrativas nacionalistas. Esse perfil personifica o indígena “de bem”, aquele incorruptível e distanciado da civilização.

Dom Casmurro

É muito provável que você já tenha ouvido falar sobre esse título de Machado de Assis, publicado em 1899. Bentinho e Capitu são protagonistas de um dos romances mais comentados – e polêmicos – da literatura brasileira. Machado de Assis aborda, nesse livro, as questões da burguesia brasileira do século XIX, além do ciúme e suas consequências. Ao fim do livro, uma grande dúvida sobre um possível triângulo amoroso entre Capitu, Bentinho e Escobar, melhor amigo de Bentinho é deixado na mente do leitor. Fica ao nosso encargo tirar conclusões sobre o desfecho da história.

Senhora

Embora não tão falado quanto O Guarani, Senhora também é um livro famoso de José de Alencar. Esse título faz parte da época romântica da literatura brasileira. O movimento teve aspectos nacionalistas fortes em suas obras. No caso de O Guarani, no entanto, esse aspecto se desdobrou no uso da figura do indígena. Já em Senhora, o autor aborda melhor a vivência privada da população do país. O casal principal do romance é Aurélia e Fernando e, embora a história tenha como foco a relação entre os dois, boa parte da trama aborda o rancor, amargura e vingança da personagem de Aurélia. O final do romance é positivo para o casal, mas, até ele, José de Alencar trabalha uma grande virada na personalidade e comportamentos tanto de Aurélia quanto de Fernando.

Grande Sertão: Veredas

Este livro é um dos mais famosos da literatura brasileira e faz parte da era modernista da escrita nacional. De autoria de Guimarães Rosa, o romance tem um toque experimental bastante forte, por se tratar da primeira fase do modernismo, e é bastante longo, com cerca de 600 páginas e sem divisão em capítulos. A história é uma coletânea de lembranças do personagem principal, Riobaldo e, dentre elas, a paixão por Diadorim. O romance é bastante complexo e aborda diversas questões sobre a vivência entre os homens no antigo sertão. Isso porque Diadorim passa toda a história se apresentando como um homem e apenas após sua morte Riobaldo descobre que tratava-se de uma mulher. Por causa dessa descoberta tardia, Riobaldo enfrenta vários questionamentos consigo mesmo, já que acredita que vive uma paixão por outro homem, o que jamais seria aceito entre os homens do cangaço com quem vivia.

O Seminarista

A obra de Bernardo Guimarães foi publicada pela primeira vez em 1872 e é um dos grandes clássicos da literatura brasileira. A escrita do livro tem traços de naturalismo, e também apresenta características românticas. O principal objetivo do autor do livro com o romance é apresentar uma obra que se mostra contra o celibato e a vocação forçada. O personagem principal é Eugênio, jovem que é levado pelos pais a se tornar padre, apesar da paixão por Margarida, que conhecia desde a infância. O fim do casal é trágico, mas o livro busca trazer com o enredo a mensagem de que a ida forçada de Eugênio para o seminário não é positiva para nenhum dos envolvidos.

E aí, ficou animado para ler algum dos romances? Se você quiser saber mais sobre algum título antes de escolher sua primeira leitura, vários estudantes compartilharam resumos e comentários sobre os livros no Passei Direto, vem ver!