1
premium

Exercícios resolvidos: Elementos de Eletrônica Digital

Ivan Valeije IdoetaIBSN: 9788571940192

Elaborado por professores e especialistas

ALUNOS QUE TAMBÉM VISUALIZARAM

  • +724

Passo 1 de 2keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Para se converter um número binário em decimal, temos de lembrar que cada número, no sistema binário, tem um valor igual ao dobro do expoente binário do número anterior.

Ou seja, de forma mais simples, o que acontece no sistema decimal, onde existe um “peso” para cada posição dos algarismos, também acontece com os números binários.

Por exemplo, no sistema decimal, cada algarismo do número 23457 possui um peso, que corresponde à posição que ele ocupa, os quais são:

No sistema binário também isso acontece. Por exemplo, no número 110101b, cada algarismo possui um peso, os quais são:

... da direita para esquerda, cada número binário (0-1) deve ser multiplicado pelo número 2 elevado uma potência crescente (da direita para a esquerda) desde o expoente 0 até o número de algarismos menos 1.

Ou seja, para se converter um número binário em decimal, o primeiro número binário da direita deverá ser multiplicado por . O segundo número binário da direita deve ser multiplicado e assim por diante.

E, pra finalizar, basta somar todos os resultados para se obter o valor do número convertido para decimal.

Neste exercício, temos de converter o número 100110b para decimal. Dessa forma, começando da direita para a esquerda, devemos multiplicar cada algarismo binário pelo número 2 elevado a uma potência (à qual corresponde à posição do algarismo a ser convertido).

Passo 2 de 2keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Podemos ver essa sequência logo abaixo.

Perceba que cada número foi multiplicado por 2 elevado à potência que corresponde à sua posição. Em seguida, somando cada elemento, temos:

0+2+4+0+0+32 = 38d

Depoimentos de estudantes que já assinaram o Exercícios Resolvidos

Nathalia Nascimento fez um comentárioCEFET/RJ • Engenharia
Foi um apoio àquelas aulas que não acabam totalmente com as dúvidas ou mesmo naquele momento de aprender o conteúdo sozinha. Além disso, dispensou a necessidade de um orientador e por isso, permitiu que eu estudasse em qualquer local e hora.
Valdivam Cardozo fez um comentárioUFRB • Engenharia
Tive uma sensação maior de autonomia nos estudos, as vezes era frustante não conseguir resolver uma determinada questão e nem sempre os professores corrigem as listas que passam.