23
Física para Cientistas e Engenheiros - Volume 1

Exercícios resolvidos: Física para Cientistas e Engenheiros - Volume 1

Gene Mosca, Paul Allen Tipler IBSN: 9788521617105

Elaborado por professores e especialistas

Passo 1 de 5keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Pelo enunciado, Chico acreditou que ao comprar um rádio com o dobro da potência, o nível da intensidade do som também dobraria. Para compreender o erro de Chico é importante entender a diferença entre dois conceitos: intensidade do som e nível de intensidade. Vamos em frente!

Passo 2 de 5keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Então veremos a partir de equações o que realmente ocorre. A intensidade () está relacionada à potência () por unidade de área de acordo com:

Passo 3 de 5keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Ou seja, o aumento da potência aumentaria a intensidade do som.

Porém, a percepção humana de sonoridade não é proporcional à intensidade. Ela varia com o logaritmo da intensidade, em uma boa aproximação, de acordo com:

em que é o nível de intensidade de uma onda sonora, medido em decibéis (dB), é a intensidade do som e é um nível de referência, geralmente o limiar da audição.

Passo 4 de 5keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Para o ser humano, ao invés de falar de intensidade é mais conveniente falar de nível de intensidade. Dessa maneira, não adianta Chico ter comprado um rádio com o dobro da potência, pois o nível da intensidade não dobraria, uma vez que ele varia de maneira logarítmica.

Passo 5 de 5keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Então, concluímos que Chico ficará desapontado, pois o dobro da potência não causaria o dobro do nível de intensidade do som.

Navegar por capítulo