3
Organização Estruturada de Computadores - 5ª Ed. 2013

Exercícios resolvidos: Organização Estruturada de Computadores - 5ª Ed. 2013

Andrew S. TanenbaumIBSN: 9788581435398

Elaborado por professores e especialistas

ALUNOS QUE TAMBÉM VISUALIZARAM

  • +402

Exercício

Converta os seguintes números para binário: 1.984, 4.000, 8.192.

Passo 1 de 7keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Para resolver esse exercício, colocaremos em prática nossos conhecimentos sobre representação de números em diferentes bases, mais especificamente falaremos sobre conversão da base decimal para a base binária.

Passo 2 de 7keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

A base binária é um dos sistemas de numeração mais usadas pelos computadores. Podemos representar os números nessa base utilizando os algarismos 0 e 1, esses algarismos são chamados de dígitos binários, ou bits.

Para sabermos o valor decimal de um número representado na base binária, somamos os valores de cada posição multiplicados por 2 elevado ao número da posição. Um exemplo é dado abaixo:

Passo 3 de 7keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Para convertermos um número da base decimal para a base binária fazemos o processo de divisões sucessivas por 2, salvando os valores dos restos. Ao fim do processo de divisões sucessivas, pegamos o valor do último quociente, juntamente com os restos, do último para o primeiro, e encontramos o valor do número em binário. Um exemplo é dado abaixo:

Passo 4 de 7keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Com esse conhecimento em mãos, podemos resolver o exercício. Iniciemos com o número 1984:

Passo 5 de 7keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Agora façamos o mesmo processo com o número 4000:

Passo 6 de 7keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Por fim, façamos o processo agora com o número 8192:

Passo 7 de 7keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Portanto temos que o valor dos números em binário é respectivamente: .

Depoimentos de estudantes que já assinaram o Exercícios Resolvidos

Nathalia Nascimento fez um comentárioCEFET/RJ • Engenharia
Foi um apoio àquelas aulas que não acabam totalmente com as dúvidas ou mesmo naquele momento de aprender o conteúdo sozinha. Além disso, dispensou a necessidade de um orientador e por isso, permitiu que eu estudasse em qualquer local e hora.
Valdivam Cardozo fez um comentárioUFRB • Engenharia
Tive uma sensação maior de autonomia nos estudos, as vezes era frustante não conseguir resolver uma determinada questão e nem sempre os professores corrigem as listas que passam.