26
Princípios de Administração Financeira - 12ª Ed. 2010

Exercícios resolvidos: Princípios de Administração Financeira - 12ª Ed. 2010

Lawrence Gitman IBSN: 9788576053323

Elaborado por professores e especialistas

Passo 1 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Como o crescimento esperado terá um padrão regular, a adoção de uma política de pagamentos regulares é algo favorável, pois nós conhecemos como será o crescimento nestes próximos três anos. Mas esta não é a única alternativa para a nossa empresa. Nós também podemos adotar a política de dividendos baixos com dividendos extraordinários e a política de regulares, pois a nossa empresa enfrentará um período de estabilidade.

Passo 2 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Temos que levar em conta a natureza do negócio da GAC, que é provedora de acesso à Internet. É um negócio extremamente competitivo. Os acionistas não vão querer enfrentar o risco de participar de uma política de dividendos a uma taxa constante em um meio tão competitivo e incerto.

Passo 3 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Podemos lembrar do caso do provedor AOL que faliu no Brasil, diante da concorrência com tantos outros provedores de internet. Nenhum acionista se sujeitará a uma política de dividendos a uma constante sabendo da volatilidade nos lucros e a quebra de várias empresas do ramo de acesso à Internet.

Passo 4 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Por fim, em resumo podemos dizer que apenas as políticas de dividendos constantes e a política de dividendos baixos mais dividendos extraordinários poderiam ser adotadas pelo conselho de administração da GAC.

(b)

Conforme nós já havíamos enfatizado no item (a) deste estudo de caso, a preferência é pela adoção da política de dividendos baixos com dividendos extraordinários, pois enfrentaremos dois ou três anos de estabilidade nos lucros e a empresa ainda precisa crescer.

Passo 5 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Esta política de dividendos nos trará flexibilidade para podemos crescer, além disso garantirá ganhos regulares aos acionistas. E esta política de dividendos é adequado neste ramo de negócios onde a competitividade é muito alta e pode haver oscilações nos lucros da empresa.

Passo 6 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Seria recomendado a adoção da política de dividendos baixos com dividendos extraordinários nos próximos três anos.

Passo 7 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

(c)

Nós temos os seguintes fatores a serem considerados para podermos determinar a política de dividendos de uma empresa:

Restrições legais: são aquelas que limitam a política de dividendos de uma empresa. Devemos lembrar que a empresa só poderá pagar dividendos pelo capital legal, ou seja, pelo capital declarado, a Receita Federal não aceitará que se pague 10% de dividendos sobre um capital declarado mais 10% sobre um capital que nem sequer tenha sido declarado. As restrições legais existem para regulamentar a prática de dividendo e sempre devem ser obedecidas.

Passo 8 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Restrições contratuais: os credores devem colocar no contrato todas as restrições com relação a política de dividendos. Toda e qualquer restrição com relação ao pagamento de dividendos deve estar documentada.

Passo 9 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Restrições internas: é obvio dizer que antes de pagar os dividendos, todos nós devemos saber se a empresa tem ou não fundos disponíveis para pagar os dividendos. Deve haver um acordo entre a administração da empresa e os credores da empresa sobre a hora de pagar os dividendos. É da cultura empresarial que os credores da empresa relutem na hora de aceitar o pagamento de dividendos.

Passo 10 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Aspectos relativos ao crescimento da empresa: todos nós sabemos que quando a empresa está crescendo, ela precisa de fundos para crescer e a tendência quando nossa empresa está crescendo é que retenhamos os nossos fundos para poder bancar este crescimento. A empresa tem a opção de obter fundos externamente para poder pagar os dividendos, só que isto é muito caro e faz com que a empresa enfrente mais riscos do que já têm.

Considerações pertinentes aos donos da empresa: as empresas não conseguem ter sua riqueza maximizada apenas com a administração do seu dono ou do CEO da empresa. A empresa existe porque tem um conselho administrativo que vai estudar as condições da empresa e junto com os acionistas vão procurar uma decisão que agrade a todos e que leve em consideração a situação da empresa, para então poder tomar a decisão de qual política de dividendos deve ser implantada.

Passo 11 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Considerações sobre o mercado: também sabemos que nenhuma decisão sobre a política de dividendos a ser implantada deve ser tomada sem antes estudarmos com cautela o mercado das ações, ou outras empresas que tenham o mesmo ramo de negócio que a nossa, ou então estudar cases de outras empresas diferentes que implantam política de dividendos que queremos implantar.

Passo 12 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Portanto, temos seis fatores que devem ser levados em conta na hora de decidir sobre a política de dividendos, são eles:

• As restrições legais;

• As restrições contratuais;

• As restrições internas;

• Os aspectos relativos ao crescimento da empresa;

• As considerações pertinentes aos donos da empresa;

• As considerações sobre o mercado.

Passo 13 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

(d)

McNelly precisa adotar uma forma de dividendos e convencer os acionistas que a escolha adotada será boa para a empresa.

Passo 14 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

É recomendável que ela tenha cautela e que não adote um valor inicial muito alto para o dividendo que ela quer pagar futuramente.

Passo 15 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Foi dito no enunciado que o Lucro por Ação variará em sobre o valor do ano de 2009. Em um bom ano, teremos um crescimento do LPA, que ficará igual a:

Passo 16 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Se houver um decréscimo do valor do lucro por ação ele ficará igual a:

Convém sermos repetitivos e dizer novamente que a senhorita McNelly deve estudar a política de dividendos das outras empresas, tanto as que sejam do ramo de provedor de acesso à Internet, como as empresas de outro ramo, levando em conta os estudos de empresas que enfrentam um risco muito grande por trabalharem com a Internet.

Passo 17 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Com a estimativa de crescimento de 3% o LPA ficará igual a:

Passo 18 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Portanto, devemos sugerir cautela na hora da senhorita McNelly definir o valor dos dividendos a serem pagos aos acionistas, para que possa garantir o crescimento saudável da empresa nos próximos três anos.

Passo 19 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

(e)

Eu recomendaria o valor de $0,70. Este valor corresponderia a 18,9% do LPA do ano de 2009. Se a empresa tiver um LPA de $4,07 este dividendo corresponderá a:

Se o LPA decrescer 10% este dividendo corresponderá a:

Se o LPA só aumentar 3% este dividendo corresponderá a:

Se tivermos um lucro por ação muito menor do que esperado, sugiro que adotemos um dividendo extraordinário, quando este exceder o valor de $3,70 por ação. Sempre mantendo a cautela quanto ao crescimento da nossa empresa.

Passo 20 de 20keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Portanto, será recomendado um dividendo de $0,70, que corresponderá a 18,9% do lucro por ação do ano de 2009. Este dividendo corresponderá a 17,20% se o lucro por ação aumentar 10%. Este dividendo corresponderá a 20,83% se o lucro por ação diminuir 10%.

Finalmente, se tivermos o crescimento de apenas 3%, este dividendo corresponderá a 18,35% do lucro por ação.