Comunicação, Gênero e Saúde: Uma Análise das Campanhas do Câncer de Mama no Brasil

Comunicação, Gênero e Saúde: Uma Análise das Campanhas do Câncer de Mama no Brasil

Anna flávia Feldmann

Ano: 2015 | Editora: AtlasISBN 9788522494323
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • avaliações

Resumo

Conforme aumenta a incidência do câncer de mama, maiores são os trabalhos de pesquisa, prevenção, tratamento e gastos públicos com a doença. As ações de comunicação, por consequência, multiplicam-se igualmente em formato de peças publicitárias, matérias em jornais, revistas, sites e anúncios que aparecem em destaque na mídia em geral. Mas vale a pena refletir se estas mensagens destinadas às mulheres estão de fato sendo identificadas e compreendidas. Será que a comunicação de massa é capaz de esclarecer o público feminino sobre o que é e como prevenir o câncer de mama?Estas e outras questões pertinentes são debatidas ao longo do livro, que objetiva descrever os efeitos e impactos causados na sociedade diante das campanhas de comunicação, indicando a constante necessidade de ações estruturantes e qualificadas sobre o câncer de mama. O texto aborda, de maneira geral, os assuntos significativos das conquistas femininas, seus tabus e preconceitos enraizados na história da civilização, cujas premissas foram originárias do papel da mulher na sociedade.O livro traz referências sobre a saúde feminina, a imagem da mulher na mídia e a estratégia de consumo direcionada a esse público-alvo. A intenção é abordar de maneira exploratória o contexto do câncer de mama no Brasil, além das questões relacionadas à feminilidade.O diferencial da obra é a análise crítica da área de comunicação relacionada às campanhas informativas sobre o câncer de mama, uma das doenças contemporâneas mais preocupantes para o público feminino.Obra de relevante interesse para profissionais e pesquisadores da área de comunicação e do campo da saúde, bem como para o público interessado em comunicação e câncer de mama de maneira geral, como jornalistas, publicitários, relações públicas, especialistas de órgãos institucionais, hospitais, ONGs, consultorias especializadas, entre outros interessados no assunto. Leitura complementar para disciplinas dos cursos de graduação e de pós-graduação em Comunicação, Mídia e Saúde Pública e temas relacionados ao universo feminino.