Epistemologia Jurídica

Epistemologia Jurídica

Hugo de brito (coord.) Machado segundo

Ano: 2015 | Editora: AtlasISBN 9788597001334
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • avaliações

Resumo

Os temas que integram esta obra estão assim discriminados:1. Epistemologia dos saberes: perspectivas para a construção de um conhecimento emancipatório (Camila Vieira)2. “Revolução copernicana” de Kant e suas (possíveis) relações com questões da epistemologia moderna e contemporânea (Fernando Freitas)3. O problema da indução versus o falsificacionismo de Karl Popper (Daniele Nascimento e Janaina Rabelo)4. Reflexões críticas sobre a epistemologia evolutiva e a “seleção natural” dos direitos fundamentais (Debora Serpa e Víctor Augusto)5. Entre a ciência e o desenvolvimento: a crise do paradigma e sua relação com a epistemologia ambiental (Thales Pitombeira)6. O desafio da ciência em busca da verdade (Larissa Amaral)7. Consequência na teoria pura do direito: o empirismo kelseniano e as fronteiras do papel do jurista (Rafael Acioly)8. Paralelo entre a evolução dos direitos sociais e a evolução científica à luz das teorias de Thomas Kuhn e Karl Popper (Leonardo Vieira)9. O papel dos direitos fundamentais e da interpretação na reconstrução epistemológica do direito (Evandro Alencar e Victor Hugo)10. Epistemologia na obra de Pontes de Miranda (Hugo de Brito Machado Segundo) 11. O “problema da moldura” e as propostas de solução da “ciência do direito” em Kelsen e Alexy (Raul Nepomuceno)Leitura complementar para as disciplinas Teoria do Direito, Introdução ao Estudo do Direito e Filosofia do Direito nos cursos de graduação em Direito, e para as disciplinas Epistemologia Jurídica e Filosofia do Direito nos cursos de pós-graduação em Direito.
Epistemologia Jurídica

A biblioteca de livros é um conteúdo restrito para assinantes.