Responsabilidade civil por ato lícito

Daniel Ustárroz

Ano: 2014 | Editora: AtlasISBN 9788522485994
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • avaliações

Resumo

Traz um estudo refl exivo e sistemático do dever de reparar danos ocasionadospor atos tidos como lícitos, perante o direito brasileiro. A primeira parte apresentae resgata o pensamento de Léon Bourgeois – considerado por muitos o“pai do solidarismo” –, a fi m de verifi car a compatibilidade entre as suas ideias,defendidas no início do século XX, e o Código Civil de 2002. Aborda, ainda, asdiversas fontes do dever de indenizar no Código Civil de 2002, com o intuito dedemonstrar que existem diversas formas de imputação de responsabilidade.Na segunda parte, são apresentadas hipóteses, admitidas na lei, na jurisprudênciae na doutrina, de compensação de danos oriundos de atos lícitos. À luzdesses exemplos práticos, almeja-se encontrar características que permitamclassifi car o lícito como uma fonte subsidiária do dever de indenizar.Por fi m, apontam-se três critérios que guiam a atividade do juiz no difícil trabalhode qualifi car um dano como injusto e imputar a sua compensação aosujeito que o tenha causado.