Vade Mecum de Direito Marítimo

Vade Mecum de Direito Marítimo

Eliane m. octaviano (org.) Martins

Ano: 2015 | Editora: ManoleISBN 9788520451632
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • avaliações

Resumo

O Vade Mecum de Direito Marítimo visa a compilar e sistematizar os instrumentos internacionais e do Direito brasileiro de maior relevância e referência. A coletânea é estruturada em sete partes: estatuto jurídico do mar e dos portos, estatuto jurídico dos navios, marinha mercante, comércio marítimo de mercadorias, direito processual marítimo, segurança da navegação e poluição marinha.Cada parte é integrada por convenções e regras internacionais e leis, decretos e resoluções do Direito brasileiro considerados fundamentais aos profissionais do Direito, comércio exterior, logística, portos, empresas de transporte marítimo e de outras atividades da indústria shipping.O grande destaque desta obra é a inserção de versões traduzidas para o português de regras e tratados internacionais constantemente utilizados no comércio internacional, na negociação, nos contratos e nas vias processuais e arbitrais, instrumentos que, em outras fontes, são habitualmente disponibilizados apenas nas versões originais em inglês. A coletânea apresenta as versões em português das Regras de Haia, Haia-Visby (e alteração pelo Protocolo DES), do COGSA e das Regras de Hamburgo, regras incidentes nos contratos de transporte de mercadorias por via marítima. Contém, ainda, as Regras de Roterdã (Convenção das Nações Unidas sobre Contratos para o Transporte Internacional de Cargas Integral ou Parcialmente por Mar) e as Regras de York e Antuérpia relativas às avarias grossas ou comuns.
Vade Mecum de Direito Marítimo

A biblioteca de livros é um conteúdo restrito para assinantes.