Buscar

As perdas em uma máquina síncrona

As perdas em uma máquina síncrona podem ser dadas em função da dissipação de potência pelos enrolamentos de campo e armadura. Considere um motor síncrono trifásico com eficiência de 70%, alimentado com 380V, corrente de 10A e fator de potência de 0,95 atrasado.

Desconsiderando as perdas na armadura, é correto afirmar que a potência de entrada do motor síncrono trifásico é:


a.

4,25kW.

b.

0,25kW.

c.

3,25kW.

d.

6,25kW.

e.

1,25kW

💡 1 Resposta

User badge image

Ed Verified user icon

Para calcular a potência de entrada do motor síncrono trifásico, podemos utilizar a fórmula: P = √3 x V x I x cos(θ) Onde: √3 = 1,732 (fator de raiz quadrada de 3) V = 380V (tensão de alimentação) I = 10A (corrente elétrica) cos(θ) = 0,95 (fator de potência) Substituindo os valores na fórmula, temos: P = 1,732 x 380 x 10 x 0,95 P = 6.249,4 W Como a eficiência do motor é de 70%, podemos calcular a potência de saída: Ps = Pe x η Ps = 6.249,4 x 0,7 Ps = 4.374,58 W Portanto, a alternativa correta é a letra D) 6,25 kW.
0
Dislike0

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis


✏️ Responder

SetasNegritoItálicoSublinhadoTachadoCitaçãoCódigoLista numeradaLista com marcadoresSubscritoSobrescritoDiminuir recuoAumentar recuoCor da fonteCor de fundoAlinhamentoLimparInserir linkImagemFórmula

Para escrever sua resposta aqui, entre ou crie uma conta.

User badge image

Outros materiais