Buscar

F. S. P. M., homem, 37 anos, 1,88 e 92 kg. História de diabetes tipo Il e hipertensão na familia. Sedentário, não fumante, faz uso de álcool social...

F. S. P. M., homem, 37 anos, 1,88 e 92 kg. História de diabetes tipo Il e hipertensão na familia. Sedentário, não fumante, faz uso de álcool socialmente. Relata não seguir nenhuma dieta terapêutica e consumo exagerado de refrigerante, doces e alimentos gordurosos. Alguns dias atrás foi parar no hospital queixando-se de mal-estar geral e fortes dores no peito (angina). Ao exame físico, na triagem, constatou-se pressão arterial de 14 por 11, glicemia de 130 mg/dL, ausência de febre e de anemia. Após exame de sangue solicitado pelo médico, constatou-se glicemia de jejum de 80 mg/dL e não foi constatado aumento dos marcadores cardíacos bioquímicos. Questões 1) Qual o diagnóstico desse paciente? Explique! 2) O que poderia ser feito para entender a discrepância nos exames de glicemia e saber qual o valor verdadeiro? 3) Quais outros exames você pediria para esse paciente? 4) É possível dizer se esse paciente apresenta hipertensão crônica ou não? Explique! 5) O que você recomendaria para esse paciente para prevenir complicações do quadro?

💡 1 Resposta

User badge image

Ed Verified user icon

1) O diagnóstico desse paciente é angina instável, que é uma dor no peito que ocorre quando o coração não recebe sangue suficiente e oxigênio. Isso pode ser causado por uma obstrução parcial ou completa das artérias coronárias que irrigam o coração. A presença de diabetes tipo II e hipertensão na família aumentam o risco de doenças cardiovasculares. 2) Para entender a discrepância nos exames de glicemia e saber qual o valor verdadeiro, seria necessário realizar um teste de tolerância à glicose oral (TTGO), que consiste em medir a glicemia em jejum e após a ingestão de uma solução com glicose. Esse teste pode ajudar a diagnosticar diabetes e pré-diabetes. 3) Outros exames que poderiam ser solicitados para esse paciente incluem um eletrocardiograma (ECG) para avaliar a atividade elétrica do coração, um teste ergométrico para avaliar a capacidade do coração de responder ao esforço físico, um ecocardiograma para avaliar a estrutura e função do coração, e exames de sangue para avaliar os níveis de colesterol e triglicerídeos. 4) Não é possível dizer se esse paciente apresenta hipertensão crônica ou não apenas com base nesses dados. A pressão arterial medida na triagem (14 por 11) indica hipertensão, mas seria necessário monitorar a pressão arterial em diferentes momentos do dia e em diferentes dias para confirmar o diagnóstico de hipertensão crônica. 5) Para prevenir complicações do quadro, seria recomendado que o paciente adotasse um estilo de vida mais saudável, incluindo uma dieta balanceada, atividade física regular, abstenção do tabagismo e moderação no consumo de álcool. Além disso, o paciente deveria seguir as orientações médicas para o tratamento da angina instável, que podem incluir medicamentos para controlar a dor e prevenir complicações.

1
Dislike0

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis


✏️ Responder

SetasNegritoItálicoSublinhadoTachadoCitaçãoCódigoLista numeradaLista com marcadoresSubscritoSobrescritoDiminuir recuoAumentar recuoCor da fonteCor de fundoAlinhamentoLimparInserir linkImagemFórmula

Para escrever sua resposta aqui, entre ou crie uma conta.

User badge image

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes