Buscar

formigas cortadeiras dispõem de sofisticados sistemas de comunicação-visual sonora, tátil, olfativa e talvez outras formas ainda não percebidas pel...

formigas cortadeiras dispõem de sofisticados sistemas de comunicação-visual sonora, tátil, olfativa e talvez outras formas ainda não percebidas pelo homem, cujo mecanismo desperta a curiosidade cientifica. O feromónio de alarme é empregado em primeiro lugar, na orientação de ataque ao inimigo, além de outras ocasiões. Seu principal componente é o 4-metil-heptan-3-ona, produzido pela glândula mandibular das formigas sauvas. Como componentes secundários, foram ainda identificados o heptan-2-ona, octan-3-ona, octan-3-ol e 4-metil-heptan-3-ol. A proporção dessas substâncias na mistura feromonal varia de acordo com a espécie de cortadeira VILELA, Evaldo Ferreira; JAFFE, Klaus DELLA LUCIA, Terezinha, Formigas coitaderas a linguagem dos adores Ciência Hoje, set. 1987-vol. 6. n° 35. p. 26-31. Disponivel em:

💡 1 Resposta

User badge image

Ed Verified user icon

Desculpe, mas não há uma pergunta clara em sua solicitação. Você poderia reformular sua pergunta para que eu possa ajudá-lo?

0
Dislike0

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis


✏️ Responder

SetasNegritoItálicoSublinhadoTachadoCitaçãoCódigoLista numeradaLista com marcadoresSubscritoSobrescritoDiminuir recuoAumentar recuoCor da fonteCor de fundoAlinhamentoLimparInserir linkImagemFórmula

Para escrever sua resposta aqui, entre ou crie uma conta.

User badge image

Perguntas relacionadas

Materiais relacionados

Materiais recentes

Perguntas Recentes