Buscar

Não existe um equívoco mais grave do que equiparar uma não restrição a algo não importante. Ao contrário, em virtude das dependências, igno...

Não existe um equívoco mais grave do que equiparar uma não restrição a algo não importante. Ao contrário, em virtude das dependências, ignorar uma não restrição pode afetar a restrição a ponto de o desempenho global do sistema ser seriamente prejudicado. É fundamental notar que a ideia prevalecente de que “mais é melhor” está correta apenas para as restrições, mas não para a vasta maioria dos elementos do sistema – as não restrições. Para as não restrições, o conceito de “mais é melhor” está correto apenas dentro de um limiar. Contudo, acima desse limiar, mais é pior. Esse limiar é determinado pelas interdependências para com as restrições e, portanto, não pode ser determinado analisando a não restrição separadamente. No caso das não restrições, o ótimo local não é igual aos ótimos globais; nas não restrições, “mais” não se traduz necessariamente em melhor desempenho do sistema como um todo. F., C.I.J.; G., S.J. Handbook da Teoria das Restrições. São Paulo: Grupo A, 2013. Disponível em: Acesso em: 11 abr. 2021. Considerando o texto apresentado, avalie as afirmações a seguir: Identificado o elemento limitante da produção da empresa, deve-se tomar medidas que visem a otimização deste. Sendo conhecido o gargalo da empresa, todas as atenções devem estar voltadas para ele. Segundo a TOC, a capacidade da fábrica é igual à capacidade de seus gargalos, o que quer dizer que o que os gargalos produzem em uma hora é o equivalente ao que a fábrica produz em uma hora. Por isso, uma hora perdida em um gargalo é uma hora perdida no sistema inteiro. Deve-se adicionar mais a capacidade de todos os recursos, adicionando mais máquinas, mais turnos, mais pessoas trabalhando. Decidida a forma de otimização do gargalo, todos os demais recursos da empresa devem ser subordinados à essa decisão. É correto o que se afirma em

💡 1 Resposta

User badge image

Ed Verified user icon

Apenas a segunda afirmação está correta: "Sendo conhecido o gargalo da empresa, todas as atenções devem estar voltadas para ele". As outras afirmações não estão corretas de acordo com a Teoria das Restrições (TOC) apresentada no texto. A TOC defende que a capacidade da fábrica é igual à capacidade de seus gargalos, mas isso não significa que se deva adicionar mais capacidade a todos os recursos da empresa. Pelo contrário, a TOC sugere que se deve focar em otimizar o gargalo, pois uma hora perdida nele é uma hora perdida no sistema inteiro. Além disso, a TOC não defende que todos os demais recursos da empresa devem ser subordinados à decisão de otimização do gargalo, mas sim que se deve equilibrar a capacidade de todos os recursos para que não haja excesso de capacidade em nenhum deles.

0
Dislike0

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

✏️ Responder

SetasNegritoItálicoSublinhadoTachadoCitaçãoCódigoLista numeradaLista com marcadoresSubscritoSobrescritoDiminuir recuoAumentar recuoCor da fonteCor de fundoAlinhamentoLimparInserir linkImagemFórmula

Para escrever sua resposta aqui, entre ou crie uma conta.

User badge image

Outros materiais