Buscar

Arthur é fiArthur é filho de Tatiana e Roberto. Quando nasceu, há quatorze anos atrás, seus pais estavam casados, tendo passado os primeiros anos d...

Arthur é fiArthur é filho de Tatiana e Roberto. Quando nasceu, há quatorze anos atrás, seus pais estavam casados, tendo passado os primeiros anos de sua vida residindo com ambos. Seus pais se divorciaram quando Arthur recém completara dois anos de idade. Desde então, passou a residir com a sua mãe, Tatiana, e a conviver com seu pai Roberto frequentemente, na residência dele, já que seus pais optaram pela guarda compartilhada. Tatiana casou-se novamente com Gilberto, que passou a residir com Tatiana e Arthur. Este casamento ocorreu quando já passados dois anos do divórcio de Tatiana, quando Arthur contava com quatro anos de idade. Durante todos estes anos, Arthur manteve contato frequente com seu pai Roberto, que conviveu e participou da vida do filho. Por outro lado, durante todos estes anos Arthur e Gilberto mantiveram uma relação muito próxima. Gilberto esteve presente em todos os momentos importantes da vida de Arthur, acompanhando no colégio, médicos e passeios. É possível afirmar que Arthur considera Gilberto também como um pai, e Gilberto também nutre esta afeição. Gilberto e Tatiana tiveram um filho chamado Ronaldo, irmão de Arthur, hoje com 6 anos. Arthur atualmente conta com quatorze anos, e gostaria de incluir o nome de Gilberto em seu registro. Desta forma, Arthur questiona se é possível juridicamente tal inclusão; se é necessária a concordância de seus pais Tatiana e Roberto; ainda, caso todos estejam de acordo, se é possível promover extrajudicialmente tal inclusão. NOTAS DE ENSINO A questão propõe uma pesquisa a respeito da possibilidade da aplicação da multiparentalidade, e envolve reflexão a respeito do assunto, bem como a pesquisa de decisões judiciais. Observe-se que a análise jurisprudencial é indispensável para a solução do caso.lho de Tatiana e Roberto. Quando nasceu, há quatorze anos atrás, seus pais estavam casados, tendo passado os primeiros anos de sua vida residindo com ambos. Seus pais se divorciaram quando Arthur recém completara dois anos de idade. Desde então, passou a residir com a sua mãe, Tatiana, e a conviver com seu pai Roberto frequentemente, na residência dele, já que seus pais optaram pela guarda compartilhada. Tatiana casou-se novamente com Gilberto, que passou a residir com Tatiana e Arthur. Este casamento ocorreu quando já passados dois anos do divórcio de Tatiana, quando Arthur contava com quatro anos de idade. Durante todos estes anos, Arthur manteve contato frequente com seu pai Roberto, que conviveu e participou da vida do filho. Por outro lado, durante todos estes anos Arthur e Gilberto mantiveram uma relação muito próxima. Gilberto esteve presente em todos os momentos importantes da vida de Arthur, acompanhando no colégio, médicos e passeios. É possível afirmar que Arthur considera Gilberto também como um pai, e Gilberto também nutre esta afeição. Gilberto e Tatiana tiveram um filho chamado Ronaldo, irmão de Arthur, hoje com 6 anos. Arthur atualmente conta com quatorze anos, e gostaria de incluir o nome de Gilberto em seu registro. Desta forma, Arthur questiona se é possível juridicamente tal inclusão; se é necessária a concordância de seus pais Tatiana e Roberto; ainda, caso todos estejam de acordo, se é possível promover extrajudicialmente tal inclusão. NOTAS DE ENSINO A questão propõe uma pesquisa a respeito da possibilidade da aplicação da multiparentalidade, e envolve reflexão a respeito do assunto, bem como a pesquisa de decisões judiciais. Observe-se que a análise jurisprudencial é indispensável para a solução do caso.

💡 1 Resposta

User badge image

Ed Verified user icon

Sim, é possível juridicamente a inclusão do nome de Gilberto no registro de Arthur, através da multiparentalidade. A multiparentalidade é a possibilidade de uma pessoa ter mais de dois pais ou mães no registro civil, reconhecendo a relação socioafetiva existente entre eles. Para isso, é necessário que haja concordância de todos os envolvidos, incluindo Tatiana e Roberto, e que seja feito um processo judicial para a inclusão do nome de Gilberto no registro de Arthur. A análise jurisprudencial é importante para verificar como os tribunais têm decidido sobre casos semelhantes. Também é possível promover extrajudicialmente a inclusão do nome de Gilberto no registro de Arthur, através de um processo de retificação de registro civil, desde que haja concordância de todos os envolvidos e que não haja contestação do Ministério Público.

0
Dislike0

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis


✏️ Responder

SetasNegritoItálicoSublinhadoTachadoCitaçãoCódigoLista numeradaLista com marcadoresSubscritoSobrescritoDiminuir recuoAumentar recuoCor da fonteCor de fundoAlinhamentoLimparInserir linkImagemFórmula

Para escrever sua resposta aqui, entre ou crie uma conta.

User badge image

Outros materiais