Buscar

Situação Durante um plantão, um psicólogo hospitalar está caminhando em direção ao setor de psicologia de um hospital público na cidade de João Pes...

Situação Durante um plantão, um psicólogo hospitalar está caminhando em direção ao setor de psicologia de um hospital público na cidade de João Pessoa/PB, quando, ao se aproximar de um paciente no corredor chamado Carlos, percebe que ele está irritado e reclamando sobre o tratamento que tem recebido naquele hospital. Diálogo Carlos: “Isso aqui é uma porcaria! Mais uma vez, eu fiquei esperando por horas para ser atendido! Parece que ninguém aqui se importa com os pacientes! Estou triste, abandonado e cansado disso tudo!” Psicólogo: “Sinto muito pelo Sr. ter esperado por tanto tempo. Entendo que a situação pode ser frustrante. Vamos conversar sobre isso e como podemos te ajudar hoje.” Carlos: “Não sei se você pode me ajudar! Ninguém nunca ajuda aqui! Estão só esperando eu morrer. Tenho passado por isso há anos em todo hospital público que vou, ninguém liga para as pessoas como eu!” Psicólogo: “Parece que o Sr. está passando por um momento difícil. Estou aqui para ouvir e entender melhor sua situação. O que tem acontecido recentemente?” Carlos: “Tudo aqui é uma porcaria! Fui ignorado na última visita do médico, as enfermeiras nunca trazem meus remédios, a comida nunca chega a tempo, ninguém me diz quando irei sair daqui! Não deixam minha família me visitar, só uma pessoa por dia. Estou com saudade de casa. Enfim, tudo aqui é uma falta de respeito! Vou denunciar no rádio! Psicólogo: “Sinto muito por essa situação, Sr. Carlos. O senhor tem o direito de ser tratado com respeito e dignidade. Gostaria de abordar essas preocupações uma a uma com o senhor. Podemos falar sobre esse fato de estar com saudade de casa primeiro?” Carlos: “Tudo bem, vamos ver se ao menos você me escuta, porque o último psicólogo não me ouviu, ele nem olhou nos meus olhos!” Perguntas baseadas na Comunicação Não-Violenta (CNV): 1. Quais observações o paciente fez sobre o tratamento que recebeu no hospital e como o Psicólogo respondeu a essas observações? 2. Quais sentimentos o paciente expressou durante o diálogo e como o Psicólogo demonstrou

Respostas

7 pessoas visualizaram e tiraram suas dúvidas aqui
User badge image

Washington Pessoa

Perguntas baseadas na Comunicação Não-Violenta (CNV): 1. Quais observações o paciente fez sobre o tratamento que recebeu no hospital e como o Psicólogo respondeu a essas observações? 2. Quais sentimentos o paciente expressou durante o diálogo e como o Psicólogo demonstrou reconhecimento desses sentimentos? 3. Quais necessidades o paciente expressou ao falar sobre sua experiência no hospital? Como o Psicólogo lidou com essas necessidades? 4. O Psicólogo fez algum pedido ao paciente durante o diálogo? Como o psicólogo articulou seus pedidos para abordar as preocupações do paciente? 5. Como o Psicólogo demonstrou empatia ao lidar com a raiva e frustração do paciente? Como essa empatia contribuiu para a comunicação entre os dois? 6. Que estratégias, baseadas na CNV, o Psicólogo pode usar para ajudar o paciente a se sentir mais compreendido e apoiado durante a consulta? 

0
Dislike0

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Responda

SetasNegritoItálicoSublinhadoTachadoCitaçãoCódigoLista numeradaLista com marcadoresSubscritoSobrescritoDiminuir recuoAumentar recuoCor da fonteCor de fundoAlinhamentoLimparInserir linkImagemFórmula

Para escrever sua resposta aqui, entre ou crie uma conta

User badge image

Mais conteúdos dessa disciplina