A maior rede de estudos do Brasil

Quando não rejeitamos Ho, significa que Ho é verdadeira?

Ao fazer o teste de hipótese, chegaremos na decisão de rejeitar ou não a hipótese nula (Ho). Quando não rejeitamos, isso significa que Ho é verdadeira? Se não, como saber quando é verdadeira ou quando não possuimos evidências suficientes para rejeitar?


7 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O teste de hipóteses existe para auxiliar na decisão em relação a duas possibilidades, ou hipóteses. Para tanto, estabelecemos uma hipótese nula (H0) e uma segunda hipótese (H1).


Para estabelecer tais hipóteses utilizamos um valor crítico para definir cada uma das hipóteses. Em geral, se a média for menor que o valor critico aceita-se a hipótese nula. Se a média for maior que o valor critico rejeita-se a hipótese nula e aceita-se H1.


Ainda que o teste seja aplicado é necessário considerar a possibilidade da existência de erros. O primeiro deles seria rejeitar H0 quando esta é verdadeira, e o segundo seria não rejeitar H0 quando esta for falsa.


A probabilidade de ocorrer erro do tipo 1 é definida pelo nível de significância, em geral, adotado como 95%. Já a probabilidade de ocorrer erro do tipo 2 é:

O teste de hipóteses existe para auxiliar na decisão em relação a duas possibilidades, ou hipóteses. Para tanto, estabelecemos uma hipótese nula (H0) e uma segunda hipótese (H1).


Para estabelecer tais hipóteses utilizamos um valor crítico para definir cada uma das hipóteses. Em geral, se a média for menor que o valor critico aceita-se a hipótese nula. Se a média for maior que o valor critico rejeita-se a hipótese nula e aceita-se H1.


Ainda que o teste seja aplicado é necessário considerar a possibilidade da existência de erros. O primeiro deles seria rejeitar H0 quando esta é verdadeira, e o segundo seria não rejeitar H0 quando esta for falsa.


A probabilidade de ocorrer erro do tipo 1 é definida pelo nível de significância, em geral, adotado como 95%. Já a probabilidade de ocorrer erro do tipo 2 é:

User badge image

Nathalia Andrade

Há mais de um mês

Giulia, de acordo com o teste de hipóteses, caso os testes não rejeitem a hipótese nula, ela é tomada como verdadeira. O H1 é a sua hipótese, portanto, se ela se confirma como verdadeira, Ho é rejeitado; Se ela for falsa, Ho é aceito como verdade. O significado de Ho é "A hipótese H1 é falsa".

Espero ter ajudado!

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

O teste de hipóteses existe para auxiliar na decisão em relação a duas possibilidades, ou hipóteses. Para tanto, estabelecemos uma hipótese nula (H0) e uma segunda hipótese (H1).


Para estabelecer tais hipóteses utilizamos um valor crítico para definir cada uma das hipóteses. Em geral, se a média for menor que o valor critico aceita-se a hipótese nula. Se a média for maior que o valor critico rejeita-se a hipótese nula e aceita-se H1.


Ainda que o teste seja aplicado é necessário considerar a possibilidade da existência de erros. O primeiro deles seria rejeitar H0 quando esta é verdadeira, e o segundo seria não rejeitar H0 quando esta for falsa.


A probabilidade de ocorrer erro do tipo 1 é definida pelo nível de significância, em geral, adotado como 95%. Já a probabilidade de ocorrer erro do tipo 2 é:

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas