A maior rede de estudos do Brasil

Introdução a Administraçao

Quais sao as vantagens e disvantagens do APO dentro das empresas?


48 resposta(s)

User badge image

Cassia

Há mais de um mês

Administração por Objetivos

Vantagens:
* Identifica progresso as áreas problemas em direção ao alcance dos objetivos;
* Melhora o controle da informação e dos padrões de desemprenho;
* Conduz a uma estrutura organizacional dinâmica especificando as responsabilidades;
* Identifica onde mudanças são necessárias e procura melhoria continua nos resultados;
* Identifica necessidades de treinamento e propicia ambiente de crescimento pessoal e de autodisciplina.
Desvantagens: 
* Depende do apoio e empenho da administração de topo ao sistema de administração por objetivo;
* Pode ser inútil e desmotivador em ambientes ou fases de mudança dinâmica;
* Sobrevaloriza os objetivos individuais em detrimento dos objetivos organizacionais;

Administração por Objetivos

Vantagens:
* Identifica progresso as áreas problemas em direção ao alcance dos objetivos;
* Melhora o controle da informação e dos padrões de desemprenho;
* Conduz a uma estrutura organizacional dinâmica especificando as responsabilidades;
* Identifica onde mudanças são necessárias e procura melhoria continua nos resultados;
* Identifica necessidades de treinamento e propicia ambiente de crescimento pessoal e de autodisciplina.
Desvantagens: 
* Depende do apoio e empenho da administração de topo ao sistema de administração por objetivo;
* Pode ser inútil e desmotivador em ambientes ou fases de mudança dinâmica;
* Sobrevaloriza os objetivos individuais em detrimento dos objetivos organizacionais;

User badge image

Maria

Há mais de um mês

A APO não é uma fórmula mágica. Envolve um processo político, um processo de planejamento e um processo de direção, é comum que um ou mais desses três processos não funcionem bem. Embora constituam excelentes ferramentas administrativas, a administração estratégica e a APO têm seus pontos frágeis.

VANTAGENS:

  • O papel primordial da estratégia é mapear o curso de uma organização para que ela possa navegar coesa através do seu ambiente de negócios;
  • A estratégia promove a coordenação das atividades para evitar que as pessoas puxem em direções diferentes;
  • Proporciona uma forma envolvente para que as pessoas possam entender a sua organização e distingui-las das demais;
  • Reduz a ambigüidade e proporciona ordem e consistência. Funciona como uma teoria: uma estrutura cognitiva para simplificar e explicar o mundo dos negócios e com isso, facilitar a ação;

DESVANTAGENS:

  • A direção estratégica pode se transformar em um conjunto de Viseira para ocultar perigo em potencial. A direção é importante, mas é melhor movimentar-se para frente olhando para cada lado, para poder modificar o comportamento de um instante para outro;
  • O pensamento grupal surge apenas quando o esforço é excessivamente focalizado e pode não haver visão periférica para abrir outras possibilidades;
  • Definir a organização com excesso de exatidão pode simplificar as coisas e até certo ponto estereotipar seu comportamento, perdendo a visão da riqueza e complexidade do todo;
  • Ninguém jamais viu ou tocou uma estratégia. Isso significa que cada estratégia pode ter um efeito de informação falsa ou distorcida. Contudo deixar de fazer estratégia é o mal maior. Significa deixar o barco ao léu e ao acaso.

CRÍTICA DE LEVINSON:

Levinson salienta que a APO coloca o gerente em uma posição parecida com a de uma cobaia em laboratório, à frente de apenas duas alternativas: ou acerta o caminho pelo labirinto e come ou então passa fome. O processo ideal da APO deve ser acompanhados de contatos freqüentes, e que esteja separado da avaliação salarial. Levinson afirma que a APO e os processos de avaliação de desempenho são inerentemente autodestrutivos a longo prazo, por serem baseado em uma psicologia de recompensa e punição que intensifica a pressão sobre cada indivíduo, proporcionando-lhe uma escolha de objetivos muito limitada.

CRÍTICA DE LODI:

Lodi refere-se à vantagem ou ameaça dos objetivos. Embora a APO seja um método provado capaz de obter resultados acima daqueles que em geral ao alcançado por empresa que não formulam suas metas, nem procuram motivar seus gerentes e diretores, lembra que a APO exige muito de cada um e que as pessoas devem ser preparadas para receber o método e para poder aplicá-lo criteriosamente. Os gerentes tendem a desprezar os objetivos estratégicos em benefício de resultados espetaculares de curto prazo, porque percebem que o sistema de compensação premia o desempenho espetacular imediato, em detrimento de uma contribuição para os resultados futuros do negócio.

User badge image

Mariana

Há mais de um mês

Cada tipo de departamentalização apresenta características, vantagens e limitações que influirão nas decisões quanto às escolhas de alternativas de departamentalização a adotar em cada organização.

Todavia, a APO apresenta uma série de limitações ao lados das vantagens que proporciona. Torna-se necessária uma cuidadosa apreciação crítica, pois a Apo não é um remédio para todos os males da organização.

Suas vantagens residem em:

Melhor supervisão técnica devido à especialização dos órgãos e comunicações diretas e sem intermediação.

Oferta interna de assessoria especializada e inovadora, com a manutenção do princípio da unidade de comando e atividade conjunta e coordenada dos órgãos de linha e staff.

Proporcionar um processo de decisão e de julgamento em grupo, envolvimento e coordenação de pessoas e atividades diferenciadas, facilitando a transmissão rápida de informações.


Suas desvantagens estão em:

Subordinação múltipla que provoca a diluição da autoridade de comando, tendência à concorrência entre os diferentes especialistas, confusão quanto aos objetivos e existência de tensões e de conflitos dentro da organização.

Possibilidade de conflitos entre a operação (linha) e a assessoria (staff) e dificuldades no equilíbrio dinâmico entre o poder de linha e o poder de staff.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes