A maior rede de estudos do Brasil

QUAL O SIGNIFICADO DO PROCESSO DE ELETRIZAÇÃO?

QUAL O SIGNIFICADO DO PROCESSO DE ELETRIZAÇÃO?

 FISICA TEORÍCA 

Física IIIESTÁCIO EAD

8 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Podemos ter 3 processos de eletrização. São eles:

Eletrização por atrito;

Eletrização por contato; e

Eletrização por indução.

Na eletrização por atrito, os dois corpos ficam com cargas de módulo igual, porém com sinais opostos. Ela depende também da natureza do material a ser eletrizado.

Na eletrização por contato, se dois corpos condutores, sendo pelo menos um deles eletrizado, são postos em contato, a carga elétrica tende a se estabilizar, sendo redistribuída entre os dois, fazendo com que ambos tenham a mesma carga, inclusive com mesmo sinal.

Finalmente, na eletrização por indução, termos a separação de cargas elétricas de sinais contrários em um mesmo corpo.

Podemos ter 3 processos de eletrização. São eles:

Eletrização por atrito;

Eletrização por contato; e

Eletrização por indução.

Na eletrização por atrito, os dois corpos ficam com cargas de módulo igual, porém com sinais opostos. Ela depende também da natureza do material a ser eletrizado.

Na eletrização por contato, se dois corpos condutores, sendo pelo menos um deles eletrizado, são postos em contato, a carga elétrica tende a se estabilizar, sendo redistribuída entre os dois, fazendo com que ambos tenham a mesma carga, inclusive com mesmo sinal.

Finalmente, na eletrização por indução, termos a separação de cargas elétricas de sinais contrários em um mesmo corpo.

User badge image

Claudio

Há mais de um mês

Eletrizar um corpo significa basicamente tornar diferente o número de prótons e de elétrons (adicionando ou reduzindo o número de elétrons).

Eu estava estudando esse assunto esses dias, e tenho para mim essa definisão desse assunto. 

Espero ter ajudado, abraço. 

Fonte: http://www.sofisica.com.br/conteudos/Eletromagnetismo/Eletrostatica/eletrizacao.php

User badge image

Hell Man

Há mais de um mês

A Eletrostática refere-se ao estudo das propriedades e do comportamento de cargas elétricas em repouso. A palavra provém do grego (elektron com statikos) cujo significado é estacionário, em repouso.

 Carga elétrica - O filósofo e matemático Tales (580 - 546 a.C.), a quem se atribui o início do estudo da eletricidade estática,

 observou que um pedaço de âmbar atraía pequenas sementes de grama, quando esfregado com pele de animal.

O médico inglês William Gilbert (1544 - 1603) iniciou um estudo mais cuidadoso na observação dos fenômenos elétricos.

Verificou que outros corpos podem ser eletrizados e, além disso, que há uma distribuição igualitária de cargas elétricas entre dois corpos eletrizados, que são postos em contato entre si, no equilíbrio eletrostático.

A partir dos anos 1600 do século atual, a busca do átomo se tornou um exercício experimental. Diversos cientistas notáveis, entre

User badge image

Estudante

Há mais de um mês

Quando dizemos que um corpo está “carregado”, isso significa que ele tem um desequilíbrio de cargas, apesar de a carga resultante geralmente representar apenas uma minúscula fração da carga total positiva ou negativa contida no corpo. Existem, no entanto, três formas de se eletrizar um objeto.

 

Eletrização por atrito

Ocorre quando atritamos dois corpos de substâncias diferentes (ou não), inicialmente neutros, e haverá transferência de eletros de um corpo para o outro, de tal forma que um corpo fique eletrizado positivamente (cedeu elétrons), e outro corpo fique eletrizado negativamente (ganhou elétrons). A eletrização por atrito é mais forte quando é feita por corpos isolantes, pois os elétrons permanecem nas regiões atritadas.

Eletrização por contato

Considere duas esferas de metal eletrizadas:

A esfera A esta eletrizada positivamente e todos os seus pontos possuem potencial elétrico negativo, ao contrario da esfera B que está neutra e seu potencial elétrico é nulo. Portanto existe diferença de potencial entre as esferas.

Quando encostamos as duas esferas, a diferença de potencial elétrico (Q) que existe entre elas, faz com que os elétrons da esfera negativamente carregada(A) passem espontaneamente para a esfera neutra( de menor potencial).

Esse fenômeno acontece com freqüência na vida de todos. Por exemplo, quando tomamos choque ao encostar em um objeto que não tem ligação nenhuma com energia elétrica que possa justifica-lo.

Eletrização por indução

Sejam duas esferas metálicas A e B (A carregada negativamente e B neutra), afastadas como mostra a figura 1ª. Ao aproximarmos as duas esferas, a presença de cargas negativa presente em A, provocará uma separação de cargas em B(fig. 1b). Essa separação de cargas é chamada de indução.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas