A maior rede de estudos do Brasil

Qual a importância do Direito Romano em nossa sociedade?

Qual a importância do Direito Romano em nossa sociedade?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Passei Direto

Há mais de um mês

Que a lei romana, hoje, representa para os historiadores e juristas, é certamente devido ao admirável trabalho que sempre desempenhou, em certo sentido, na cultura jurídica de Roma: O Corpus Juris Civilis, Imperador Justiniano. Mais especificamente, embora fragmentadas e muitas vezes interpoladas, os contributos de todos os juristas que enriqueceram a experiência de legal romano.

Como é sabido, o sistema jurídico romano era caracterizada por uma pluralidade de fontes de produção, o que, interagindo uns com os outros, assegurou o dinamismo do sistema conjunto e ao mesmo tempo a sua flexibilidade em soluções dos casos individuais que surgiram a partir prática. Embora os magistrados da época tivessem cargos fundamentalmente políticos e pudessem ser pessoas não entendidas em direito, foi o conjunto de decisões e declarações dos magistrados o que produziu a tecnificação do direito romano.

Nestes aspectos podemos concluir que embora muitos ainda desconheçam, o direito romano influenciou muito no, direito natural, direito das gentes e estrangeiros e direito civil moderno, e até hoje ainda usufruímos destes direitos com a contribuição justiniana.

O corpo jurídico Romano constituiu-se em umdos mais importantes sistemas jurídicos criados desde sempre, entusiasmando diversas culturas em tempos diferentes.

Que a lei romana, hoje, representa para os historiadores e juristas, é certamente devido ao admirável trabalho que sempre desempenhou, em certo sentido, na cultura jurídica de Roma: O Corpus Juris Civilis, Imperador Justiniano. Mais especificamente, embora fragmentadas e muitas vezes interpoladas, os contributos de todos os juristas que enriqueceram a experiência de legal romano.

Como é sabido, o sistema jurídico romano era caracterizada por uma pluralidade de fontes de produção, o que, interagindo uns com os outros, assegurou o dinamismo do sistema conjunto e ao mesmo tempo a sua flexibilidade em soluções dos casos individuais que surgiram a partir prática. Embora os magistrados da época tivessem cargos fundamentalmente políticos e pudessem ser pessoas não entendidas em direito, foi o conjunto de decisões e declarações dos magistrados o que produziu a tecnificação do direito romano.

Nestes aspectos podemos concluir que embora muitos ainda desconheçam, o direito romano influenciou muito no, direito natural, direito das gentes e estrangeiros e direito civil moderno, e até hoje ainda usufruímos destes direitos com a contribuição justiniana.

O corpo jurídico Romano constituiu-se em umdos mais importantes sistemas jurídicos criados desde sempre, entusiasmando diversas culturas em tempos diferentes.

User badge image

Paulo

Há mais de um mês

Complementando, O Direito Romano junto com o Direito Canônico, ajudaram na formação das ordenações afonsinas em 1446. Elas foram uma coletânea de leis promulgadas como primeira compilação oficial do século XV, durante o reinado de D. Afonso V. Sofreram influência do direito Romano e do direito Canônico, sem o principio “nulla poena nullum crimen sinelege”, dispositivos enumerativos. A norma editada seguia a estrutura dos Decretais de Gregório IX, dividido em cinco livros que continha títulos e parágrafos. O I foi a Ordem Constitucional, o II Direito Comercial, o III Direito Processual, o IV direito Civil e o V Direito Penal.

Tem mais http://www.infoescola.com/direito/direito-romano/

User badge image

MARLENE

Há mais de um mês

O Direito Romano, de fundamental importância, inspirou os sistemas jurídicos até os dias atuais na medida em que embasou todo o ordenamento jurídico existente. Representa os princípios, as bases, as proposições anteriores que subsidiam e despertam interesses de vários estudiosos, até constituir, hoje, normas e ordenamentos jurídicos. Como bem explicitado nas palavras de Maria Sylvia Zanella di Pietro "Princípios de uma ciência são as proposições básicas, fundamentais, típicas que condicionam as estruturas subsequentes"; constata-se, pois, que foi origem para a formação da estrutura vigente.         

User badge image

Rafael

Há mais de um mês

è inegável a influência que desempenhou o direito Romano no contemporâneo jurídico de diversos países.dele teve origem o O sistema romano-germânico, sistema jurídico mais utilizado do mundo, exceto em países do oriente médio e metade da África, tendo como características a codificação das leis. ( hoje temos os códigos civil, penal... graças as influencias do direito romano) Quem já não ouviu falar das reformas justianas (império romano oriental) tão importantes para a história do direito.

Romano versus Anglo-saxão

Os principais sistemas jurídicos vigentes hoje no mundo são o Sistema romano-germânico e o Sistema anglo-saxão, e eles contrastam historicamente pela permanência da tradição oral do segundo, e pelo imperativo da escrita no primeiro. Resquício prático destas tradições, hoje ambas predominantemente escritas, é a importância do "caso precedente", ou seja, o processo que dá origem a novas regras. No sistema anglo-saxão julgamentos locais e específicos (casos "inéditos") costumam dar origem a novas regras, ao passo que no sistema sistema romano-germânico existem competências distintas e mais rígidas entre o julgar (Poder Judiciário) e o legislar (Poder Legislativo).


Nos dias de hoje, o direito romano não é aplicado em nenhuma jurisdição, embora os sistemas jurídicos de alguns países como a África do Sul e São Marinho, ainda sejam baseados no antigo ius commune. Muitas regras derivadas do direito romano ainda se aplicam às ordens jurídicas de diversos países, que o incorporaram de um modo mais sistemático e expresso em suas línguas nacionais.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas