A maior rede de estudos do Brasil

É possível, de acordo com o Direito Civil brasileiro, uma pessoa ser destituída de todo e qualquer patrimônio? ja procurei e nadaa ;/

???

Direito Civil IESTÁCIO

8 resposta(s)

User badge image

Thacila

Há mais de um mês

Nao,devido a teoria do patrimonio minimo.Consoante ao artigo 548 CC de 2002,ninguem pode se desfazer de todos os seus bens sem que reste o necessario para sua subsistencia.A doaçao e considerada nula nesses casos.

Nao,devido a teoria do patrimonio minimo.Consoante ao artigo 548 CC de 2002,ninguem pode se desfazer de todos os seus bens sem que reste o necessario para sua subsistencia.A doaçao e considerada nula nesses casos.

User badge image

Rafael

Há mais de um mês

Ah, é, Thacila, esqueci que a CF/1988 está acima do CC/2002... Claro que não devo responder à luz do CC. Respondo como quiser. Creio que minha fundamentação está correta, pois qualquer fundamentação que esteja embasada no princípio da dignidade da pessoa humana estará correta. Ademais, o CC/2002 deve estar de acordo com a CF, lembra? O princípio da dignidade da pessoa humana é o mais importante do nosso odenamento jurídico, lembra? 

Claro, existe previsão legal (Art. 548. É nula a doação de todos os bens sem reserva de parte, ou renda suficiente para a subsistência do doador.), mas como eu observei lá em cima, por se tratar de um direito fundamental e essencial, VINCULADO À CF, não necessitaria dessa previsão legal. 

Sugiro que leia mais sobre hierarquia das normas e constitucionalização do Direito Civil. 

User badge image

Rafael

Há mais de um mês

Não, não é possível, pois fere o princípio da dignidade da pessoa humana. Podemos fundamentar isso no princípio do mínimo existencial. O mínimo se refere aos direitos relacionados às necessidades sem as quais não é possível “viver como gente”. É um direito que visa garantir condições mínimas de existência humana digna. Trata-se de um direito fundamental e essencial, vinculado à Constituição Federal, e não necessita de Lei para sua obtenção, tendo em vista que é inerente a todo ser humano.

O mínimo existencial abrange o conjunto de prestações materiais necessárias e absolutamente essenciais para todo ser humano ter uma vida digna. Ele é tão importante que é consagrado pela Doutrina como sendo o núcleo do Princípio da Dignidade da Pessoa Humana, previsto no artigo 1º, III da CF. Por isso, destituir-se de todo e qualquer patrimônio fere fortemente a dignidade da pessoa humana, dado que uma pessoa desprovida de recusos que garantam sua sobrevivência, não encontrará meios dignos para viver.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes