A maior rede de estudos do Brasil

O que sao Sedativos, qual a sua finalidade, qual o seu mecanismo de ação e como que ele se aplica a Enfermagem?


1 resposta(s)

User badge image

Ana Carla Nascimento

Há mais de um mês

Os Sedativos são os medicamentos capazes de diminuir a atividade do cérebro, principalmente quando este está em estado de excitação acima do normal. Quando um sedativo é capaz de diminuir a dor, recebe o nome de analgésico. Já quando o sedativo é capaz de afastar a insônia, produzindo o sono, é chamado de hipnótico ou sonífero. E quando um calmante tem o poder de atuar mais sobre estados exagerados de ansiedade, é denominado de ansiolítico. Finalmente, existem algumas dessas drogas capazes de acalmar o cérebro hiperexcitado dos epilépticos. São as drogas antiepilépticas, capazes de prevenir as convulsões desses doentes. Os sedativos entram na categoria de medicamentos anti-histamínicos, o que isso significa, os medicamentos têm como objetivo o relaxamento de uma pessoa que teve uma insônia ocasional. Não estão indicados em casos de insônia crônica. E também não é recomendável tomar um sedativo durante mais de uma semana ou dez dias. As reações são diferentes entre as pessoas, que podem se tornar sonolentas, interferindo na concentração ou coordenação, ou tensas, inquietas e agitadas. Os possíveis efeitos colaterais do uso de sedativos podem ser boca seca, constipação, turvação da visão e zumbido nos ouvidos. Os idosos, mulheres grávidas ou que estejam amamentando devem evitar esses medicamentos, assim como pessoas com glaucoma de ângulo estreito, angina, arritmias ou aumento da próstata. E nos cuidados de Enfermagem se aplica na Saúde Mental e na Clínica Cirúrgica, onde são utilizados esses medicamentos nos pacientes.

Os Sedativos são os medicamentos capazes de diminuir a atividade do cérebro, principalmente quando este está em estado de excitação acima do normal. Quando um sedativo é capaz de diminuir a dor, recebe o nome de analgésico. Já quando o sedativo é capaz de afastar a insônia, produzindo o sono, é chamado de hipnótico ou sonífero. E quando um calmante tem o poder de atuar mais sobre estados exagerados de ansiedade, é denominado de ansiolítico. Finalmente, existem algumas dessas drogas capazes de acalmar o cérebro hiperexcitado dos epilépticos. São as drogas antiepilépticas, capazes de prevenir as convulsões desses doentes. Os sedativos entram na categoria de medicamentos anti-histamínicos, o que isso significa, os medicamentos têm como objetivo o relaxamento de uma pessoa que teve uma insônia ocasional. Não estão indicados em casos de insônia crônica. E também não é recomendável tomar um sedativo durante mais de uma semana ou dez dias. As reações são diferentes entre as pessoas, que podem se tornar sonolentas, interferindo na concentração ou coordenação, ou tensas, inquietas e agitadas. Os possíveis efeitos colaterais do uso de sedativos podem ser boca seca, constipação, turvação da visão e zumbido nos ouvidos. Os idosos, mulheres grávidas ou que estejam amamentando devem evitar esses medicamentos, assim como pessoas com glaucoma de ângulo estreito, angina, arritmias ou aumento da próstata. E nos cuidados de Enfermagem se aplica na Saúde Mental e na Clínica Cirúrgica, onde são utilizados esses medicamentos nos pacientes.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes