Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Direito Civil: Direitos Pessoais X Direitos Reais

Quais as diferenças entre direitos pessoais e direitos reais?


1 resposta(s)

User badge image

Pedro Ferencz

Há mais de um mês

Os direitos obrigacionais vinculam pessoa com pessoa; e os direitos das coisas (ou sobre as coisas), vinculam uma coisa à pessoa.

 

 

  • No primeiro caso (obrigações), temos a vinculação da pessoa do sujeito ativo, com a pessoa do sujeito passivo, e apenas secundariamente com o bem, já que obrigação é o vínculo jurídico que constrange alguém a pagar, dar, fazer ou não fazer alguma coisa para outrem.

 

Credor <------> Devedor

                |

             Bem

 

 

Portanto, aqui o vínculo de direito se estabelece entre duas pessoas (Sujeito ativo e Sujeito passivo) e constrange uma pessoa a fazer, dar, ou não fazer; Nesta relação o bem é secundário.

 

 

  • No segundo caso (direitos das coisas – aqui usada a denominação REAIS, de res = coisas), a relação que se estabelece é do sujeito ativo (titular) diretamente com o bem, e apenas secundariamente com um sujeito “passivo”, que é sempre indeterminado.

 

 

Bem <------> Sujeito Titular

             |

  Sujeito Passivo (indeterminado)

 

 Assim, “Direito das coisas é o conjunto de normas que regem as relações jurídicas concernentes aos bens materiais e imateriais suscetíveis de apropriação pelo homem”.

 

Ou: “O direito das coisas é aquele que cria entre a pessoa e a coisa uma relação direta e imediata; de tal maneira que nela só se encontram dois elementos: a pessoa, que é o sujeito ativo do direito, e a coisa que dele é objeto”.

Os direitos obrigacionais vinculam pessoa com pessoa; e os direitos das coisas (ou sobre as coisas), vinculam uma coisa à pessoa.

 

 

  • No primeiro caso (obrigações), temos a vinculação da pessoa do sujeito ativo, com a pessoa do sujeito passivo, e apenas secundariamente com o bem, já que obrigação é o vínculo jurídico que constrange alguém a pagar, dar, fazer ou não fazer alguma coisa para outrem.

 

Credor <------> Devedor

                |

             Bem

 

 

Portanto, aqui o vínculo de direito se estabelece entre duas pessoas (Sujeito ativo e Sujeito passivo) e constrange uma pessoa a fazer, dar, ou não fazer; Nesta relação o bem é secundário.

 

 

  • No segundo caso (direitos das coisas – aqui usada a denominação REAIS, de res = coisas), a relação que se estabelece é do sujeito ativo (titular) diretamente com o bem, e apenas secundariamente com um sujeito “passivo”, que é sempre indeterminado.

 

 

Bem <------> Sujeito Titular

             |

  Sujeito Passivo (indeterminado)

 

 Assim, “Direito das coisas é o conjunto de normas que regem as relações jurídicas concernentes aos bens materiais e imateriais suscetíveis de apropriação pelo homem”.

 

Ou: “O direito das coisas é aquele que cria entre a pessoa e a coisa uma relação direta e imediata; de tal maneira que nela só se encontram dois elementos: a pessoa, que é o sujeito ativo do direito, e a coisa que dele é objeto”.

Essa pergunta já foi respondida!