A maior rede de estudos do Brasil

Estou com certa dificuldade nessa questão. Se alguém puder ajudar, agradeço.

Leia a frase: “...o real não está na saída nem na chegada: ele se dispõe para a gente é no meio da travessia...” João Guimarães Rosa.
Com a frase acima, Guimarães Rosa está dizendo que o importante é a travessia ou o processo. Qual é o sentido de processo nesta passagem literária?
1 - O sentido de travessia ou processo remete à ideia de movimento. Na travessia ou processo a paisagem se modifica, as relações se alteram e nós vamos nos modificando, nos reinventando.
2 - A frase nos remete à ideia de falta de comprometimento com a vida.
3 - A travessia causa insegurança e medo. Por isso é preciso estar sempre atento.
4 - A ideia de processo tem o sentido de educação sistematizada.
5 - A realidade é feita de ações imprevisíveis e é preciso estar atento à caminhada.


2 resposta(s)

User badge image

Kauê

Há mais de um mês

Isto seria uma questão de múltipla-escolha? Resposta 1. Todas as demais trazem consigo um certo negativismo quanto ao processo. Na 2, fala de falta de comprometimento com a vida, enquanto o trecho é, pelo contrário, uma exortação para que aproveitemos melhor o caminho. Na 3, fala-se de insegurança e medo, e necessidade de atenção. Totalmente descontextualizado. Não tem a ver com a realidade que reside no meio da travessia. 4 é totalmente absurda, pois por processo estamos entendendo o "meio da travessia" ressaltado como importante com relação à "saída" e "chegada" citados por Guimarães Rosa. Só se Paulo Freire tivesse escrito a frase hahahahahaha... 5, em momento algum se fala de imprevisibilidade qualquer, e novamente, retoma-se um conceito de atenção que não faz jus com o que o trecho apresenta.

Isto seria uma questão de múltipla-escolha? Resposta 1. Todas as demais trazem consigo um certo negativismo quanto ao processo. Na 2, fala de falta de comprometimento com a vida, enquanto o trecho é, pelo contrário, uma exortação para que aproveitemos melhor o caminho. Na 3, fala-se de insegurança e medo, e necessidade de atenção. Totalmente descontextualizado. Não tem a ver com a realidade que reside no meio da travessia. 4 é totalmente absurda, pois por processo estamos entendendo o "meio da travessia" ressaltado como importante com relação à "saída" e "chegada" citados por Guimarães Rosa. Só se Paulo Freire tivesse escrito a frase hahahahahaha... 5, em momento algum se fala de imprevisibilidade qualquer, e novamente, retoma-se um conceito de atenção que não faz jus com o que o trecho apresenta.

User badge image

Ana Paula

Há mais de um mês

Realmente, a correta era a 1ª. Respondi a avaliação a alguns dias atrás... Mas adorei sua resposta! Muito bem explicada =)
Obrigada!!

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes