A maior rede de estudos do Brasil

alguém tem um bom resumo sobre estabelecimento empresarial e trespasse?

Direito Empresarial IUNIHORIZONTES

1 resposta(s)

User badge image

Flavio

Há mais de um mês

Estabelecimento empresarial:

Trata-se, segundo o Código Civil, de todo complexo de bens organizado, para exercício da empresa, por empresário, ou por sociedade empresária. Portanto, é um complexo de bens reunidos para o desenvolvimento da atividade empresarial, nas palavras de Alessandro Sanchez, “constitui uma universalidade de fato, um conjunto de bens que se mantém unidos, destinados a um fim, por vontade e determinação de seu proprietário”.

Trespasse

Trata-se de um contrato oneroso de alienação/transferência do estabelecimento empresarial. Nota-se que a condição de eficácia perante terceiros é o registro do contrato de trespasse na Junta Comercial e a sua posterior publicação. O trespasse acarreta a transferência do conjunto de bens organizados pelo alienante ao adquirente, para que este, no lugar do primeiro, prossiga com a exploração da atividade empresarial. Ao assumir a posição de empresário, o adquirente deve arcar com todos os contratos celebrados pelo alienante, por força da atividade exercida.

Estabelecimento empresarial:

Trata-se, segundo o Código Civil, de todo complexo de bens organizado, para exercício da empresa, por empresário, ou por sociedade empresária. Portanto, é um complexo de bens reunidos para o desenvolvimento da atividade empresarial, nas palavras de Alessandro Sanchez, “constitui uma universalidade de fato, um conjunto de bens que se mantém unidos, destinados a um fim, por vontade e determinação de seu proprietário”.

Trespasse

Trata-se de um contrato oneroso de alienação/transferência do estabelecimento empresarial. Nota-se que a condição de eficácia perante terceiros é o registro do contrato de trespasse na Junta Comercial e a sua posterior publicação. O trespasse acarreta a transferência do conjunto de bens organizados pelo alienante ao adquirente, para que este, no lugar do primeiro, prossiga com a exploração da atividade empresarial. Ao assumir a posição de empresário, o adquirente deve arcar com todos os contratos celebrados pelo alienante, por força da atividade exercida.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes