A maior rede de estudos do Brasil

qual a diferença entre Jean Paul Sartre e Carl Rogeres?

sabemos que os dois viveram momentos bem parecidos,porém o se é interessante perguntar é pq a visão desses dois divergiram em meio a tantas coincidências vividas. o que fez um ser otimistas enquano o outro pessimista?


5 resposta(s)

User badge image

Anna

Há mais de um mês

Jean Paul Sartre- Para Sartre ele destacava que o importante não é o que o mundo faz de você,mas o que você faz com aquilo que o mundo fez de você.Sartre destacou o existencialismo que difundiu-se como o pensamento mais radical a respeito do homem na epoca contemporânea.Para Sartre a idéia central do existencialismo é que a existência precede a essência,pois não existe nenhum Deus que tenha planejado o homem,e portanto,não existe nenhuma natureza humana fixa a que o homem deve respeitar,desta forma ele quer dizer que o homem está totalmente livre é o único responsável pelo que faz de si mesmo.Por isso Sartre era visto como pessimista,pois seu existencialismo era ateu,não admitia a existência de um criado que tenha predeterminado a essência e os fins de cada pessoa.

Carl Rogers-priorizava o indivíduo enquanto pessoa,valorizando a auto-realização seu crescimento pessoal. Do ponto de vista da educação valoriza o educando como um todo,considerenao seus pensamentos e ações e não apenas seu intelecto.Para ele o ser humano é essencialmente bom,em cada indivíduo há um núcleo positivo que caracteriza o valor pessoal e que tende a expressar-se, a pessoa é mais que um organismo biológico,é um ser humano que pensa,sente,escolhe,decide, é um ser om capacidade de mudança.Por isso ele é visto como otimista.Cabe ressaltar que Carl Rogers traz várias outras tema importantes.

Jean Paul Sartre- Para Sartre ele destacava que o importante não é o que o mundo faz de você,mas o que você faz com aquilo que o mundo fez de você.Sartre destacou o existencialismo que difundiu-se como o pensamento mais radical a respeito do homem na epoca contemporânea.Para Sartre a idéia central do existencialismo é que a existência precede a essência,pois não existe nenhum Deus que tenha planejado o homem,e portanto,não existe nenhuma natureza humana fixa a que o homem deve respeitar,desta forma ele quer dizer que o homem está totalmente livre é o único responsável pelo que faz de si mesmo.Por isso Sartre era visto como pessimista,pois seu existencialismo era ateu,não admitia a existência de um criado que tenha predeterminado a essência e os fins de cada pessoa.

Carl Rogers-priorizava o indivíduo enquanto pessoa,valorizando a auto-realização seu crescimento pessoal. Do ponto de vista da educação valoriza o educando como um todo,considerenao seus pensamentos e ações e não apenas seu intelecto.Para ele o ser humano é essencialmente bom,em cada indivíduo há um núcleo positivo que caracteriza o valor pessoal e que tende a expressar-se, a pessoa é mais que um organismo biológico,é um ser humano que pensa,sente,escolhe,decide, é um ser om capacidade de mudança.Por isso ele é visto como otimista.Cabe ressaltar que Carl Rogers traz várias outras tema importantes.

User badge image

Jonas

Há mais de um mês

Tu tá partindo do pressuposto de que o meio faz o ser. O meio, de fato, interfere no ser, mas há questões que são vivenciais. Eu não conheço o Sarte, mas pelo que eu conheço o Rogers, acho que as experiências de vida dele foram lhe mostrando que o ser humano é mais do que se pensava na época. Um contexto profundamente pessimista, a própria psicologia vendo o homem como um ser sem liberdades, semi-neurótico. Rogers, percebe, então, que há mais por trás disso. Talvez Sartre tenha sido mais afetado pelo zeitgeist da época, assim como o foram Nietszche e Freud, ambos pessimistas.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes