A maior rede de estudos do Brasil

Qual a relação entre constitucionalismo, estado constitucional, estado democrático e estado de Direito?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

Constitucionalismo é a denominação atribuída pelo movimento político-jurídico-social que causou a evolução do conceito de Constituição, de seu conteúdo e do detentor do poder nos Estados.

A referida evolução ocorreu quase que simultâneamente em duas frentes diversas. Uma na França, e outra nos Estados Unidos, sendo certo que ambas concorreram para a formação da idéia atual de Constituição.

Na Europa o constitucionalismo teve início com a revolta burguesa, detentora do poder econômico, contra o absolutismo monarquico, onde todo poder político se concentrava nas mãos do monarca. Munidos do arcabouço teórico dos pensadores iluministas e contratualistas (Locke, Hobes e Rousseau) e dos ideais de Estado de Montesquieu, a burguesia passou a pressionar a monarquia, o que culminou com a revolução francesa e, logo após, com a proclamação da nova Constituição Francesa, a primeira que trazia apenas normas de organização do Estado e direitos e garantias de primeira geração (liberdades individuais).

Nos Estados Unidos o movimento ocorreu de forma diversa. Ao se tornarem independentes da Inglaterra, os estados se reuniram e optaram, na Convenção da Filadélfia, por produzir uma Constituição. Adotaram um Estado Federado Republicano, tendo o consitucionalismo evoluido para garantir direitos já conquistados (civis e políticos) e para a implantação de direitos econômicos e sociais e direitos de igualdades.

Tais movimentos afirmaram a supremacia do indivíduo, a necessidade de limitação do poder dos governantes, bem como a racionalização do poder.

Podemos dizer que o Estado Constitucional, isto é, aquele Estado que controla o exercício do poder através de uma Constituição, teve sua origem, em grande parte, influenciada pelos movimentos constitucionalistas americanos e franceses.

Em oposição os poderes desenfreados e absolutos, o movimento constitucionalista trouxe alternativas, organizando o Estado de maneira diferente, limitando o Poder e dando mais liberdades individuais.

Podemos dizer também que o chamado Estado Democrático de Direito também teve sua origem nestes movimentos, que influenciaram movimentos que tornaram o poder cada vez mais democrático, e fizeram com que todos, sem exceção, se submetessem ao império da Lei.

Constitucionalismo é a denominação atribuída pelo movimento político-jurídico-social que causou a evolução do conceito de Constituição, de seu conteúdo e do detentor do poder nos Estados.

A referida evolução ocorreu quase que simultâneamente em duas frentes diversas. Uma na França, e outra nos Estados Unidos, sendo certo que ambas concorreram para a formação da idéia atual de Constituição.

Na Europa o constitucionalismo teve início com a revolta burguesa, detentora do poder econômico, contra o absolutismo monarquico, onde todo poder político se concentrava nas mãos do monarca. Munidos do arcabouço teórico dos pensadores iluministas e contratualistas (Locke, Hobes e Rousseau) e dos ideais de Estado de Montesquieu, a burguesia passou a pressionar a monarquia, o que culminou com a revolução francesa e, logo após, com a proclamação da nova Constituição Francesa, a primeira que trazia apenas normas de organização do Estado e direitos e garantias de primeira geração (liberdades individuais).

Nos Estados Unidos o movimento ocorreu de forma diversa. Ao se tornarem independentes da Inglaterra, os estados se reuniram e optaram, na Convenção da Filadélfia, por produzir uma Constituição. Adotaram um Estado Federado Republicano, tendo o consitucionalismo evoluido para garantir direitos já conquistados (civis e políticos) e para a implantação de direitos econômicos e sociais e direitos de igualdades.

Tais movimentos afirmaram a supremacia do indivíduo, a necessidade de limitação do poder dos governantes, bem como a racionalização do poder.

Podemos dizer que o Estado Constitucional, isto é, aquele Estado que controla o exercício do poder através de uma Constituição, teve sua origem, em grande parte, influenciada pelos movimentos constitucionalistas americanos e franceses.

Em oposição os poderes desenfreados e absolutos, o movimento constitucionalista trouxe alternativas, organizando o Estado de maneira diferente, limitando o Poder e dando mais liberdades individuais.

Podemos dizer também que o chamado Estado Democrático de Direito também teve sua origem nestes movimentos, que influenciaram movimentos que tornaram o poder cada vez mais democrático, e fizeram com que todos, sem exceção, se submetessem ao império da Lei.

User badge image

Kallielyson Lopes da Silva

Há mais de um mês

Constitucionalismo é o movimento político que anseia a elaboração de um documento escrito e único contendo toda a estruturação do estado e o elenco dos diretos fundamentais dos cidadãos e deveres e limitações impostas ao estado. Estado constitucional é aquele estruturado com base naquele documento. Estado democrático pertine ao poder, que deve emanar da vontade popular. Já o estado de direito é aquele em que a lei é a maio premissa capaz de ser imposta até mesmo ao estado não podendo este agir alem nem aquém da norma.
User badge image

Kallielyson Lopes da Silva

Há mais de um mês

Como visto, esses movimentos se relacionam pelo anseio da existência de um documento limitativo dos poderes do estado e elencaçao dos direitos ditos fundamentais do cidadão e estruturador do estado.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas