A maior rede de estudos do Brasil

quando o juiz indefere juntada de documento, pelo autor, em audiência de instrução, fere o cerceamento de defesa?


2 resposta(s)

User badge image

Brian Santos

Há mais de um mês

Não necessariamente, pois incumbe ao magistrado de acordo com o art. 130 do CPC determinar as provas necessárias para a instrução do processo, bem como indeferir a realização de diligências inúteis ou simplesmente protelatórias, porém existem julgados que houve o entendimento de que o juiz teria cerceado a defesa, então vai depender de entendimento e da prova documental que foi indeferida.

Não necessariamente, pois incumbe ao magistrado de acordo com o art. 130 do CPC determinar as provas necessárias para a instrução do processo, bem como indeferir a realização de diligências inúteis ou simplesmente protelatórias, porém existem julgados que houve o entendimento de que o juiz teria cerceado a defesa, então vai depender de entendimento e da prova documental que foi indeferida.

User badge image

Soan Ribeiro

Há mais de um mês

Sem fazer uma pesquisa pra trazer uma resposta mais precisa, acredito que a resposta dependerá da necessidade do documento, bem como de ser de conhecimento e disponibilidade ou não do autor no ato do ingresso da ação. Isso porque a regra é que a prova documental deve ser apresentada junto com a petição inicial. Se o documento já era de conhecimento do autor no momento em que ele ingressou com a ação , mas não juntou por descuido, restará precluso, pelo menos quanto a este documento, o direito de juntá-lo ao processo. Diante dessa pergunta cabem algumas regras e exceções a depender do caso concreto.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes