A maior rede de estudos do Brasil

Um vídeo institucional é capaz de atestar a qualidade de fabricação de um produto na mente dos consumidores?

A Coca-Cola divulgou um vídeo no YouTube com o processo de fabricação do refrigerante e no final divulgou meios de contato para que o consumidor possa agendar uma visita a uma das fábricas da empresa.

Apenas o vídeo seria suficiente para convencer que o processo de fabricação é realmente seguro? Há consumidores (na maioria) que se satisfazem somente com essa ação da empresa?

O que vocês acham desta ação?


2 resposta(s)

User badge image

Flávio

Há mais de um mês

Lucas, estive na fábrica da Coca em Jacarepaguá há alguns anos e se tiver alguma coisa que assuste, fica bem longe dos olhos dos visitantes. 

Nesses casos de grande repercusão é importante vir a público e se mostrar presente mas o vídeo caiu como mais um comercial que não fez muita diferença para o caso do rato. Pecam quando "convidam" o consumidor a visitar uma das fábricas mas te fazem desistir de tanto trabalho que te dão.

Lucas, estive na fábrica da Coca em Jacarepaguá há alguns anos e se tiver alguma coisa que assuste, fica bem longe dos olhos dos visitantes. 

Nesses casos de grande repercusão é importante vir a público e se mostrar presente mas o vídeo caiu como mais um comercial que não fez muita diferença para o caso do rato. Pecam quando "convidam" o consumidor a visitar uma das fábricas mas te fazem desistir de tanto trabalho que te dão.

User badge image

Lucas

Há mais de um mês

Aquele vídeo da Coca-Cola foi, uma maneira de dizer "GENTE, AQUILO NÃO FOI CULPA NOSSA, PODE VIR AQUI OLHA COMO A GENTE FAZ".

Porém, muitos dizem que se você visitar uma fábrica da Coca, você nunca mais irá tomar na sua vida.

Erros acontecem, e daí a empresa tem que se retratar. Não é a primeira vez que isso acontece, minha mãe já achou um grampo de roupa na garrafa.

Convencer as pessoas não vai, mas vai cair em esquecimento como qualquer assunto hoje em dia.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes