A maior rede de estudos do Brasil

Qual a diferença de inflamação aguda e cronica?

Qual é a diferença entre a inflamação aguda e a cronica


7 resposta(s)

User badge image

Welton

Há mais de um mês

A inflamação aguda é uma resposta imediata e precose a um agente nocivo. A inflamação crônica é aquela de prolongada duração, de semanas ate mesês, na qual a inflamação ativa, destruição tecidual e tentativa de reparação estão ocorrendo simultaniamente. Embora possa suceder a inflamação aguda, a crônica geralmente começa de maneira insidiosa, como uma resposta de baixo grau, latente e muitas vezes de maneira assintómatica.

A inflamação aguda é uma resposta imediata e precose a um agente nocivo. A inflamação crônica é aquela de prolongada duração, de semanas ate mesês, na qual a inflamação ativa, destruição tecidual e tentativa de reparação estão ocorrendo simultaniamente. Embora possa suceder a inflamação aguda, a crônica geralmente começa de maneira insidiosa, como uma resposta de baixo grau, latente e muitas vezes de maneira assintómatica.

User badge image

Clístenes

Há mais de um mês

As agudas têm um curso rápido (entre 1 a 2 semanas) e as crônicas são processos mais demorados (superam 3 meses). A variação entre os dois processos está diretamente vinculada aos fatores que influenciam a inflamação. Assim, de modo geral, diante de estímulos de intensidade na qual o hospedeiro consiga reagir de modo a tornar esse estímulo de curta duração, presenciar-se-á o aparecimento de exsudações plasmáticas e de neutrófilos, ambos característicos dos processos agudos. Por outro lado, a persistência do estímulo - exigindo uma reação diferente da anterior por parte do hospedeiro - promove um aumento dos graus de celularidade (principalmente dos elementos mononucleares), o que determina uma fase proliferativa e reparativa e portanto, de inflamação crônica. Obviamente, existem casos em que há um curso agudo da inflamação, mas morfologicamente não se observam os elementos clássicos de uma inflamação aguda (intensa exsudação plasmática e presença de neutrófilos); em outras situações, ainda, pode-se observar que um quadro inflamatório crônico, que dura semanas, passando a exibir grande quantidade de neutrófilos e os sinais cardinais típicos da inflamação aguda; nesse caso, diz-se que a inflamação crônica se agudizou. Portanto, conclui-se que a relação cronológica e morfológica nem sempre é constante.

User badge image

Thais

Há mais de um mês

A inflamação aguda se inicia rapidamente (em alguns segundos ou minutos) e tem uma duração relativamente curta, de alguns minutos a várias horas ou alguns dias.Suas principais características são a exsudação de fluido e proteínas plasmáticas (edema) e a migração de leucócitos,predominantemente de neutrófilos. A inflamação crônica tem uma duração maior e está histologicamente associada à presença de linfócitos e macrófagos, à proliferação de vasos sanguíneos, fibrose e necrose tissular. Não é obrigada a evolução de uma inflamação aguda para uma fase crônica. As reações vasculares e celulares da inflamação aguda e da crônica são mediadas por fatores químicos derivados de proteínas ou células plasmáticas e são produzidos ou ativados pelo estímulo inflamatório. 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes