A maior rede de estudos do Brasil

No caso abaixo, responda se a venda deve ou não ser desfeita.

Antônio recebeu de Benedito um apartamento em locação, para fins residenciais, sendo celebrado por contrato escrito com prazo de 36 meses.No contrato que não foi averbado a matrícula do imóvel, foi estipulado direito de preferência do inquilino na compra do imóvel, a ser exercido no prazo de 30 dias. Passado um ano de vigência da locação, o  apartamento é vendido a um terceiro, sem ser consultado o locatário.


3 resposta(s)

User badge image

Paulo

Há mais de um mês

No caso em tela, poderá o locatário entrar com depósito judicial para compra do bem, devido a seu Direito de Preferência, devendo ser desconsiderada esta venda que foi feita para terceiro.

Bom, pelo meu ponto de vista será dessa maneira, espero ter colaborado! Se gostou, não esquece de aprovar,  Boa sorte!

No caso em tela, poderá o locatário entrar com depósito judicial para compra do bem, devido a seu Direito de Preferência, devendo ser desconsiderada esta venda que foi feita para terceiro.

Bom, pelo meu ponto de vista será dessa maneira, espero ter colaborado! Se gostou, não esquece de aprovar,  Boa sorte!

User badge image

Rafael

Há mais de um mês

Acredito que, pelo seu direito de preferência, o locatário deveria requerer a compra do bem, direito inter partes constituido pelo contrato. Ocorre que, apesar disso, o terceiro que comprou, o fez de boa fé, e nosso ordenamento jurídico proteje tal sujeito. Sendo assim, acredito não haver modo do locatário requerer a compra do bem pra si, mas apenas ajuizar ação indenizatória pleiteando perdas e danos.

Espero ter contribuído !

User badge image

Lucas

Há mais de um mês

Avenda não deve ser desfeita, porém deve haver a indenição por perdas e danos, uma vez que a clausula contratual foi ferida, frustando-o e ferindo o principio da boa-fé objetiva. 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes