A maior rede de estudos do Brasil

A pessoa senil é absolutamente incapaz?

Fundamente!

Direito Civil I

ESTÁCIO


5 resposta(s)

User badge image

Eric Bortoletto Fontes

Há mais de um mês

Nao pode se enquadrar no que diz o rafael pois nao é uma causa transitória e sim um processo natural. Oficialmente NAO é causa de limitacao de capacidade, SALVO se motivar um estado patalogico que afete o estado mental!

Nao pode se enquadrar no que diz o rafael pois nao é uma causa transitória e sim um processo natural. Oficialmente NAO é causa de limitacao de capacidade, SALVO se motivar um estado patalogico que afete o estado mental!

User badge image

Rafael Silva Canto da Rocha

Há mais de um mês

Depende.

Vejamos o que diz o Código Civil:

Art. 3o São absolutamente incapazes de exercer pessoalmente os atos da vida civil:

I - os menores de dezesseis anos;

II - os que, por enfermidade ou deficiência mental, não tiverem o necessário discernimento para a prática desses atos;

III - os que, mesmo por causa transitória, não puderem exprimir sua vontade.

Art. 4o São incapazes, relativamente a certos atos, ou à maneira de os exercer:

I - os maiores de dezesseis e menores de dezoito anos;

II - os ébrios habituais, os viciados em tóxicos, e os que, por deficiência mental, tenham o discernimento reduzido;

III - os excepcionais, sem desenvolvimento mental completo;

IV - os pródigos.

Parágrafo único. A capacidade dos índios será regulada por legislação especial.

Note que nem se tratando de relativamente incapazes ou absolutamente incapazes é citado o senil. Contudo, creio que se o senil se enquadre no inciso III do art. 3°, pois se constatado que não pode exprimir sua vontade pode ser dado como absolutamente incapaz. Talvez se for um caso de discernimento reduzido trata-se apenas de incapacidade relativa. Ou seja, vai depender do caso concreto. Cada caso é um caso. É preciso lembrar também que como a selenidade é um doença, talvez se enquadre no inciso II do art 3°. Como disse depende do caso, creio eu.

Todavia, a jurisprudência considera quase sempre a selenidade como causa de incapacidade absoluta. 

Espero ter ajudado! Abraços!

 

 

User badge image

Rodrigo Souza

Há mais de um mês

Por si só a pessoa senil não é incapaz. Relativo a idade só os menores de 16 anos são absolutamente incapazes, dos 16 e até antes de completar 18 são relativamente incapazer e dos 18 em diante plemante capazes. A possibilidade de uma pessoa senil se tornar absolutamente incapaz ocorre se os que, por enfermidade ou deficiência mental, não tiverem o necessário discernimento para a prática desses atos ou os que, mesmo por causa transitória, não puderem exprimir sua vontade como está expresso no artigo terceiro do codigo civil

Essa pergunta já foi respondida!