A maior rede de estudos do Brasil

Tendo uma matriz A=[ (1, 6)^t (0,-1)^t ] ,e uma matriz D= [ (1,0)^t (0,-1)^t ], encontre uma matriz invertível P, tal que, P^-1*A*P = D.

Sei que tem alguma relação com autovalores e autovetores, mas não consegui responder.


9 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Nesse exercício vamos estudar operações matriciais.


São dadas as matrizes $A$:

$$A=\begin{pmatrix}1&0\\6&-1\end{pmatrix}$$

E $D$:

$$D=\begin{pmatrix}1&0\\0&-1\end{pmatrix}$$

E é pedido que resolvamos a seguinte equação matricial na variável $P$:

$$P^{-1}AP=D$$


Por estarmos tratando de matrizes 2x2, vamos resolver por sistema de equações, que é uma forma simples para matrizes pequenas. Tomemos

$$P=\begin{pmatrix}a&b\\c&d\end{pmatrix}\Rightarrow P^{-1}=\frac{1}{ad - bc} \begin{pmatrix}d&-b\\-c&a\end{pmatrix}$$

Substituindo as matrizes na equação, temos:

$$\frac{1}{ad - bc}\begin{pmatrix}d&-b\\-c&a\end{pmatrix}\begin{pmatrix}1&0\\6&-1\end{pmatrix}\begin{pmatrix}a&b\\c&d\end{pmatrix}=\begin{pmatrix}1&0\\0&-1\end{pmatrix}$$

Multiplicando as duas últimas matrizes, finais do lado esquerdo, ficamos com:

$$\frac{1}{ad - bc}\begin{pmatrix}d&-b\\-c&a\end{pmatrix}\begin{pmatrix}a&b\\6a-c&6b-d\end{pmatrix}=\begin{pmatrix}1&0\\0&-1\end{pmatrix}$$

Para a segunda multiplicação, temos:

$$\frac{1}{ad - bc}\begin{bmatrix}da-6ab+bc&2b(d-3b)\\-2a(c-3a)&-bc-6ab-ad\end{bmatrix}=\begin{bmatrix}1&0\\0&-1\end{bmatrix}$$


Vamos começar pelos termos nulos:

$$\begin{cases}2b(d-3b)=0\\-2a(c-3a)=0\end{cases}$$

Temos quatro possibilidades para esse par de equações:

$$(a,b)\in\left\{(0,0);\left(\frac13c,0\right);\left(0,\frac13d\right);\left(\frac13c,\frac13d\right)\right\}$$

Mas a primeira e a última opções fazem com que o denominador se anulem, de forma que essas não são possibilidades. Ficamos com:

$$(a,b)\in\left\{\left(\frac13c,0\right);\left(0,\frac13d\right)\right\}$$


Para o sistema formado pelas duas outras equações, temos:

$$\begin{cases}da-6ab+bc=ad - bc\Rightarrow bc=3ab\\-bc-6ab-ad=bc-ad\Rightarrow bc=-3ab\end{cases}$$

Independente dos valores de $a$ e $b$ utilizados, seu produto é sempre nulo, de forma que:

$$bc = 0$$

Ficamos então com duas possibilidades:

$$(a,b)=\left(\frac13c,0\right)\Rightarrow (a,b,c,d)=(a,0,3a,d)$$

$$(a,b)=\left(0,\frac13d\right)\Rightarrow (a,b,c,d)=(0,b,0,3b)$$

Mas a segunda opção também anula o denominador, logo ficamos apenas com a primeira:

$$\boxed{P=\begin{pmatrix}a&0\\3a&d\end{pmatrix},a\neq0,d\neq0}$$


Para conferir, vamos substituir a matriz obtida no lado esquerdo da equação:

$$E=\frac{1}{ad}\begin{pmatrix}d&0\\-3a&a\end{pmatrix}\begin{pmatrix}1&0\\6&-1\end{pmatrix}\begin{pmatrix}a&0\\3a&d\end{pmatrix}$$

$$E=\frac{1}{ad}\begin{pmatrix}d&0\\-3a&a\end{pmatrix}\begin{pmatrix}a&0\\3a&-d\end{pmatrix}$$

$$E=\frac{1}{ad}\begin{pmatrix}da&0\\0&-da\end{pmatrix}=\begin{pmatrix}1&0\\0&-1\end{pmatrix}=D$$

Nesse exercício vamos estudar operações matriciais.


São dadas as matrizes $A$:

$$A=\begin{pmatrix}1&0\\6&-1\end{pmatrix}$$

E $D$:

$$D=\begin{pmatrix}1&0\\0&-1\end{pmatrix}$$

E é pedido que resolvamos a seguinte equação matricial na variável $P$:

$$P^{-1}AP=D$$


Por estarmos tratando de matrizes 2x2, vamos resolver por sistema de equações, que é uma forma simples para matrizes pequenas. Tomemos

$$P=\begin{pmatrix}a&b\\c&d\end{pmatrix}\Rightarrow P^{-1}=\frac{1}{ad - bc} \begin{pmatrix}d&-b\\-c&a\end{pmatrix}$$

Substituindo as matrizes na equação, temos:

$$\frac{1}{ad - bc}\begin{pmatrix}d&-b\\-c&a\end{pmatrix}\begin{pmatrix}1&0\\6&-1\end{pmatrix}\begin{pmatrix}a&b\\c&d\end{pmatrix}=\begin{pmatrix}1&0\\0&-1\end{pmatrix}$$

Multiplicando as duas últimas matrizes, finais do lado esquerdo, ficamos com:

$$\frac{1}{ad - bc}\begin{pmatrix}d&-b\\-c&a\end{pmatrix}\begin{pmatrix}a&b\\6a-c&6b-d\end{pmatrix}=\begin{pmatrix}1&0\\0&-1\end{pmatrix}$$

Para a segunda multiplicação, temos:

$$\frac{1}{ad - bc}\begin{bmatrix}da-6ab+bc&2b(d-3b)\\-2a(c-3a)&-bc-6ab-ad\end{bmatrix}=\begin{bmatrix}1&0\\0&-1\end{bmatrix}$$


Vamos começar pelos termos nulos:

$$\begin{cases}2b(d-3b)=0\\-2a(c-3a)=0\end{cases}$$

Temos quatro possibilidades para esse par de equações:

$$(a,b)\in\left\{(0,0);\left(\frac13c,0\right);\left(0,\frac13d\right);\left(\frac13c,\frac13d\right)\right\}$$

Mas a primeira e a última opções fazem com que o denominador se anulem, de forma que essas não são possibilidades. Ficamos com:

$$(a,b)\in\left\{\left(\frac13c,0\right);\left(0,\frac13d\right)\right\}$$


Para o sistema formado pelas duas outras equações, temos:

$$\begin{cases}da-6ab+bc=ad - bc\Rightarrow bc=3ab\\-bc-6ab-ad=bc-ad\Rightarrow bc=-3ab\end{cases}$$

Independente dos valores de $a$ e $b$ utilizados, seu produto é sempre nulo, de forma que:

$$bc = 0$$

Ficamos então com duas possibilidades:

$$(a,b)=\left(\frac13c,0\right)\Rightarrow (a,b,c,d)=(a,0,3a,d)$$

$$(a,b)=\left(0,\frac13d\right)\Rightarrow (a,b,c,d)=(0,b,0,3b)$$

Mas a segunda opção também anula o denominador, logo ficamos apenas com a primeira:

$$\boxed{P=\begin{pmatrix}a&0\\3a&d\end{pmatrix},a\neq0,d\neq0}$$


Para conferir, vamos substituir a matriz obtida no lado esquerdo da equação:

$$E=\frac{1}{ad}\begin{pmatrix}d&0\\-3a&a\end{pmatrix}\begin{pmatrix}1&0\\6&-1\end{pmatrix}\begin{pmatrix}a&0\\3a&d\end{pmatrix}$$

$$E=\frac{1}{ad}\begin{pmatrix}d&0\\-3a&a\end{pmatrix}\begin{pmatrix}a&0\\3a&-d\end{pmatrix}$$

$$E=\frac{1}{ad}\begin{pmatrix}da&0\\0&-da\end{pmatrix}=\begin{pmatrix}1&0\\0&-1\end{pmatrix}=D$$

User badge image

Marcus

Há mais de um mês

Esclareceça-me umas coisas que não ficaram muito claras: as matrizes A e D são quadradas de ordem 2? O expoente t está representando a transposta dessas duas matrizes?

User badge image

Alexandre

Há mais de um mês

Obrigado, mesmo assim!

User badge image

Marcus

Há mais de um mês

 


Ah, tudo bem então!

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas