A maior rede de estudos do Brasil

Quais as formas de isolamento de fungos filamentosos

Quais as formas de isolamento de fungos filamentosos


3 resposta(s)

User badge image

Luciane

Há mais de um mês

Bom existe isolamento direto e o indireto. No Isolamento direto, os fungos são "observados" diretamento do material infestado. Ja o indireto faz-se necessario todo o processo de desinfestação do material, para posterior incubação.

Bom existe isolamento direto e o indireto. No Isolamento direto, os fungos são "observados" diretamento do material infestado. Ja o indireto faz-se necessario todo o processo de desinfestação do material, para posterior incubação.

User badge image

Valdir

Há mais de um mês

  •    As folhas, caules e raízes foram separados e lavados abundantemente com água corrente. A desinfecção superficial foi realizada em fluxo laminar, sendo o material vegetal (raiz, caule e folhas) imerso (separadamente) em água destilada esterilizada por 30 segundos; álcool 70% por 30 segundos, hipoclorito 3% por 4 minutos para a raiz e 3 minutos para caule e folha; álcool 70% por 30 segundos; água destilada estéril por 1 minuto; novamente água destilada estéril por 30 segundos (foi retirado e plaqueado 100 μL para controle de assepsia). Após a desinfecção, fragmentos foliares (com 5 – 10 mm2) e fragmentos de caule e raiz (com 5 – 10 mm comprimento) foram transferidos para placas de Petri contento meios de cultura (Meio BDA, Meio Peptona e Meio Folha) e incubado em temperatura ambiente por 25 dias. A partir do segundo dia de incubação, as colônias dos fungos, foram transferidas para novas placas de Petri com meios específicos, sendo então purificadas. Após os 25 dias de incubação foi determinada a Taxa de Colonização (TC= número total de isolados fúngicos dividido pelo total de fragmentos da amostra).

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes