A maior rede de estudos do Brasil

Extraprocessual e endoprocessual - Conceito e definição

Gostaria de alguns exemplos do que seria extraprocessual e endoprocessual pois sei que endoprocessual é tudo que está dento do processo e que extraprocessual é tudo que está fora, porém ainda não consigo entender o real significado ;/ Alguém pode me ajudar? 


3 resposta(s)

User badge image

LARISSA

Há mais de um mês

Endoprocessual é tudo aquilo que se verifica dentro do processo. Assim, todos os atos processuais, as peças juntadas, os documentos anexados, fazendo parte, portanto, do processo, recebe essa qualificação.

Em contrapartida, extraprocessual é tudo que ocorre extra autos, ou seja, fora do processo. Uma perícia particular que inspira o direito ou o simples pagamento de remuneração ao empregado são exemplos.

Vale destacar, dada a nova sistemática processual civil, que a conciliação pode ser endo ou extraprocessual, a depender da maneira e do momento que ocorre. Vejamos:

Uma tentativa administrativa de conciliação que restou frustrada não tem reflexo no campo jurídico, mesmo que haja um processo em tramitação, uma vez que não operará resultados. O processo, pois, continuará seu rito. Logo, é um ato extraprocessual puro.

 

De outra sorte, uma tentativa administrativa de conciliação com sucesso, em havendo processo em trâmite, será, por óbvio, dado o objetivo do ato, levada ao conhecimento do juízo que, então, homologará o termo - considerenado o atendimento a todos os requisitos de validade e eficácia. Dessa forma, o ato extraprocessual, após sua inserção no universo jurídico da lide, tornar-se-á, por fim, endoprocessual, traduzindo reflexos processuais imediatos.

Endoprocessual é tudo aquilo que se verifica dentro do processo. Assim, todos os atos processuais, as peças juntadas, os documentos anexados, fazendo parte, portanto, do processo, recebe essa qualificação.

Em contrapartida, extraprocessual é tudo que ocorre extra autos, ou seja, fora do processo. Uma perícia particular que inspira o direito ou o simples pagamento de remuneração ao empregado são exemplos.

Vale destacar, dada a nova sistemática processual civil, que a conciliação pode ser endo ou extraprocessual, a depender da maneira e do momento que ocorre. Vejamos:

Uma tentativa administrativa de conciliação que restou frustrada não tem reflexo no campo jurídico, mesmo que haja um processo em tramitação, uma vez que não operará resultados. O processo, pois, continuará seu rito. Logo, é um ato extraprocessual puro.

 

De outra sorte, uma tentativa administrativa de conciliação com sucesso, em havendo processo em trâmite, será, por óbvio, dado o objetivo do ato, levada ao conhecimento do juízo que, então, homologará o termo - considerenado o atendimento a todos os requisitos de validade e eficácia. Dessa forma, o ato extraprocessual, após sua inserção no universo jurídico da lide, tornar-se-á, por fim, endoprocessual, traduzindo reflexos processuais imediatos.

User badge image

Milena

Há mais de um mês

Bacana sua resposta Larissa mas um pouco complexa.

User badge image

Sandro

Há mais de um mês

Estou estudando NCPC e aí me deparo com esses termos que não conhecia os seus conceitos, mas através de sua bela explanação conseguir compreender perfeitamente. Agradeço!

Obs.: quando crescer quero ser igual a você(risos).

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes