A maior rede de estudos do Brasil

Para você o que mais importa: O ser aprendente ou o conteúdo programático?

Na escola tradiconal o currículo centralizava-se, ganhava sentido e era aperfeiçoado no conteúdo programático. Na escola pós-crítica a centralidade do currículo está no 'ser aprendente'. Mediante a individualidade humana, das diversas formas de aprendizagem e da descoberta das inteligências múltiplas, onde você acredita que deva estar o foco do currículo? No ser aprendente ou no conteúdo programático?


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre História da Educação e Pedagogia.


Para mim, o foco sempre deve estar no ser aprendente, e assim conseguir tratar todos com equidade.


Portanto, o foco deve estar no ser aprendente.

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre História da Educação e Pedagogia.


Para mim, o foco sempre deve estar no ser aprendente, e assim conseguir tratar todos com equidade.


Portanto, o foco deve estar no ser aprendente.

User badge image

Fábio

Há mais de um mês

Outro ponto interessante desse assunto, é observar que Paulo Freire propõe ainda a alfabetização para adultos, não de uma maneira inflexível, dentro de uma cartilha geral, mas sim, incluir a alfabetização na realidade do aluno, por exemplo, se os alunos são de uma área rural, alfabetizá-los dentro de contextos dessa realidade, ou seja, vida no campo, plantações, artigos relacionados a gado, etc. Este é também um super passo que fortalece a motivação do aluno, tanto o estimula à leitura quantoem buscar mais saberes opara melhorar a sua vida social.

User badge image

Fábio

Há mais de um mês

Depois de entrar na Pedagogia e ver a incrível obra de Paulo Freire(claro que não deu pra ver toda a obra ainda, mas só uma parte) vejo como foi incrível a mudança de vertente que ele propôs, ele nos mostrou que a concepção antiga de escola era feita entre um professor (dono do saber, que só falava) e os alunos (considerados completamente ignorantes e que sendo assim, não poderiam contribuir em nada com uma aula), mas após sua análise e suas pesquisas, ele propos a educação de uma maneira muito mais participativa, nesta o professor assume que não sabe tudo e mais ainda, observa que todo akuno sabe um pouco de alguma coisa, nem que seja um assunto alheio à escola, mas parte do princípio que todos podem contribuir, sendo assim não há como não apoiar essa ideia, até porquê em que ambiente você se sentiria mais motivado como aluno???

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre História da Educação e Pedagogia.


Para mim, o foco sempre deve estar no ser aprendente, e assim conseguir tratar todos com equidade.


Portanto, o foco deve estar no ser aprendente.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas