A maior rede de estudos do Brasil

Quais os principais Institutos Jurídicos da Constituição de 1934?


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

Segundo Wesley de Lima, a constituição de 1934 teve as seguintes características:

  • Manteve-se a República, a federalismo, a divisão de Poderes independentes e coordenados entre si;
  • Ampliação dos poderes da União e, conseqüentemente, diminuição das competências dos Estados, sendo estes subalternos àqueles;
  • As rendas tributárias entre a União, Estados e Municípios foram discriminadas com maior austeridade;
  • Ampliação dos poderes do Poder Executivo;
  • Extirpou o sistema bicameral, imputando a função legiferante de forma adstrita à Câmara dos Deputados, estabelecendo o Senado Federal como órgão auxiliar;
  • Estabeleceu um título atinente à ordem econômica e social (Título IV) e, outrossim, concernentes à família, cultura e educação, constitucionalizando os direitos sociais;
  • Estabeleceu disposições relativas à segurança nacional;
  • Assentou preceitos e parâmetros para o funcionalismo público;
  • Suprimiu o cargo de vice-presidência da República;
  • Instituiu a Justiça Militar e manteve a Justiça Eleitoral;
  • Criou o mandado de segurança e a ação popular (art. 113);
  • Fixou o voto secreto;
  • Instituiu o voto obrigatório para maiores de 18 anos;
  • Disciplinou o voto feminino que, outrora, fora reivindicado;
  • Nacionalizou as riquezas do subsolo e quedas d’água no país;
  • Foi adotado o estado confessional, tornando o catolicismo a religião oficial brasileira;
  • Estabeleceu dois instrumentos de reforma constitucional, a saber:a revisão e a emenda (art. 178); e
  • Criação da Justiça do Trabalho.

Segundo Oliveira, tal constituição trouxe "um conjunto de direitos aos trabalhadores, como: salário mínimo, jornada de oito horas de trabalho, repouso semanal, férias anuais e remuneradas etc. Instituiu a Justiça do Trabalho e manteve a Justiça Eleitoral, criada dois anos antes."

 

 

Segundo Wesley de Lima, a constituição de 1934 teve as seguintes características:

  • Manteve-se a República, a federalismo, a divisão de Poderes independentes e coordenados entre si;
  • Ampliação dos poderes da União e, conseqüentemente, diminuição das competências dos Estados, sendo estes subalternos àqueles;
  • As rendas tributárias entre a União, Estados e Municípios foram discriminadas com maior austeridade;
  • Ampliação dos poderes do Poder Executivo;
  • Extirpou o sistema bicameral, imputando a função legiferante de forma adstrita à Câmara dos Deputados, estabelecendo o Senado Federal como órgão auxiliar;
  • Estabeleceu um título atinente à ordem econômica e social (Título IV) e, outrossim, concernentes à família, cultura e educação, constitucionalizando os direitos sociais;
  • Estabeleceu disposições relativas à segurança nacional;
  • Assentou preceitos e parâmetros para o funcionalismo público;
  • Suprimiu o cargo de vice-presidência da República;
  • Instituiu a Justiça Militar e manteve a Justiça Eleitoral;
  • Criou o mandado de segurança e a ação popular (art. 113);
  • Fixou o voto secreto;
  • Instituiu o voto obrigatório para maiores de 18 anos;
  • Disciplinou o voto feminino que, outrora, fora reivindicado;
  • Nacionalizou as riquezas do subsolo e quedas d’água no país;
  • Foi adotado o estado confessional, tornando o catolicismo a religião oficial brasileira;
  • Estabeleceu dois instrumentos de reforma constitucional, a saber:a revisão e a emenda (art. 178); e
  • Criação da Justiça do Trabalho.

Segundo Oliveira, tal constituição trouxe "um conjunto de direitos aos trabalhadores, como: salário mínimo, jornada de oito horas de trabalho, repouso semanal, férias anuais e remuneradas etc. Instituiu a Justiça do Trabalho e manteve a Justiça Eleitoral, criada dois anos antes."

 

 

User badge image

Marcelo

Há mais de um mês

Trecho extraído de material postado no Passei Direto (segue o link: https://www.passeidireto.com/arquivo/19828398/constituicao-de-1934)

Institutos Jurídicos mantidos:

Não prejudízo do direito adquirido, do ato jurídico perfeito e da coisa julgada;  O principio da igualdade perante a lei, instituindo que não haveria privilégios, nem distinções, por motivo de nascimento, sexo, raça, profissão própria ou dos pais, riqueza, classe social, crença religiosa ou ideias políticas;  A aquisição de personalidade jurídica, pelas associações religiosas, e introduziu a assistência religiosa facultativa nos estabelecimentos oficiais;  O habeas-corpus, para proteção da liberdade pessoal, e estabeleceu o mandado de segurança, para defesa do direito, certo e incontestável, ameaçado ou violado por ato inconstitucional ou ilegal de qualquer autoridade;  A proibição da pena de caráter perpétuo;  O impedimento da prisão por dívidas, multas ou custas;  A extradição de estrangeiro por crime político ou de opinião e, em qualquer caso, a de brasileiros;  A assistência judiciária para os desprovidos financeiramente;  A isenção de impostos ao escritor, jornalista e ao professor;  Que a todo cidadão legitimidade para pleitear a declaração de utilidade ou anulação dos atos lesivos do patrimônio da União, dos Estados ou dos Municípios; A proibição de diferença de salário para um mesmo trabalho, por motivo de idade, sexo, nacionalidade ou estado civil; Receber um salário mínimo capaz de satisfazer à necessidades normais do trabalhador; A limitação do trabalho a oito horas diárias, só prorrogáveis nos casos previstos pela lei; A proibição de trabalho a menores de 14 anos, de trabalho noturno a menores de 16 anos e em indústrias insalubres a menores de 18 anos e a mulheres; A regulamentação do exercício de todas as profissões.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas