A maior rede de estudos do Brasil

Dados os vetores u, v, e w iguais a u=(2,4,-6), v=(4,0,-6) e w=(6,2,0). Determine o vetor X, sabendo que: X.u = -32 X.v = 0 X.w = 6.


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Como o resultado da multiplicação entre os vetores resulta em um escalar, apesar do exercício não deixar claro que é produto escalar, irei realizar os cálculos assumindo que o produto entre os vetores é escalar.

Primeiro vamos calcular a multiplicação do vetor \(X(x,y,z)\) por todos os outros vetores:

\(X \cdot u=(x,y,z)\cdot(2,4,-6)\)

\(X \cdot u=2x+4y-6z\)

\(X \cdot v=(x,y,z)\cdot(4,0,-6)\)

\(X \cdot v=4x-6z\)

\(X \cdot w=(x,y,z)\cdot(6,2,0)\)

\(X \cdot w=6x+2y\)

Agora igualando o resultado das multiplicações pelo escalar equivalente fornecido pelo exercícios temos um conjunto de equações lineares:

\(\begin{cases} 2x+4y-6z=-32 \\4x-6z=0\\ 6x+2y=6 \end{cases}\)

Agora para encontrar os valores do vetor \(X(x,y,z)\) precisamos apenas resolver o sistema linear. Vamos resolver utilizando o método de Cramer. Para resolvermos por esse método precisamos montar a matriz com os coeficientes das variáveis e descobrir sua determinante:

\(\Delta=\begin{vmatrix} 2 & 4 & -6 \\ 4 &0 & -6\\ 6&2&0 \end{vmatrix}=-168\)

Agora que temos o valor da nossa determinante podemos calcular os valores de \(\Delta_1\)\(\Delta_2\) e \(\Delta_3\). Para calcular o primeiro delta nós atribuimos os resultados das equações na primeira coluna onde estão os valores que antecedem \(x\):

\(\Delta_1=\begin{vmatrix} -32 & 4 & -6 \\ 0 &0 & -6\\ 6&2&0 \end{vmatrix}=-528\)

Agora realizamos o mesmo processo para \(y\) e \(z\) respectivamente:

\(\Delta_2=\begin{vmatrix} 2 & -32 & -6 \\ 4 &0 & -6\\ 6&6&0 \end{vmatrix}=1080\)

\(\Delta_3=\begin{vmatrix} 2 & 4 & -32 \\ 4 &0 & 0\\ 6&2&6 \end{vmatrix}=-352\)

Agora para obtermos os valores de nossas variáveis precisamos apenas dividir os valores de \(\Delta_1\)\(\Delta_2\) e \(\Delta_3\) por  \(\Delta\) e encontramos os valores de \(x\)\(y\) e \(z\) respectivamente:

\(x=\frac{\Delta_1}{\Delta}=\frac{-528}{-168}=\frac{22}{7}\)

\(y=\frac{\Delta_2}{\Delta}=\frac{1080}{-168}=\frac{-45}{7}\)

\(z=\frac{\Delta_3}{\Delta}=\frac{-352}{-168}=\frac{44}{21}\)

Assim, temos que os valores para o vetor \(X\) são \((\frac{22}{7},\frac{-45}{7},\frac{44}{21})\).

Como o resultado da multiplicação entre os vetores resulta em um escalar, apesar do exercício não deixar claro que é produto escalar, irei realizar os cálculos assumindo que o produto entre os vetores é escalar.

Primeiro vamos calcular a multiplicação do vetor \(X(x,y,z)\) por todos os outros vetores:

\(X \cdot u=(x,y,z)\cdot(2,4,-6)\)

\(X \cdot u=2x+4y-6z\)

\(X \cdot v=(x,y,z)\cdot(4,0,-6)\)

\(X \cdot v=4x-6z\)

\(X \cdot w=(x,y,z)\cdot(6,2,0)\)

\(X \cdot w=6x+2y\)

Agora igualando o resultado das multiplicações pelo escalar equivalente fornecido pelo exercícios temos um conjunto de equações lineares:

\(\begin{cases} 2x+4y-6z=-32 \\4x-6z=0\\ 6x+2y=6 \end{cases}\)

Agora para encontrar os valores do vetor \(X(x,y,z)\) precisamos apenas resolver o sistema linear. Vamos resolver utilizando o método de Cramer. Para resolvermos por esse método precisamos montar a matriz com os coeficientes das variáveis e descobrir sua determinante:

\(\Delta=\begin{vmatrix} 2 & 4 & -6 \\ 4 &0 & -6\\ 6&2&0 \end{vmatrix}=-168\)

Agora que temos o valor da nossa determinante podemos calcular os valores de \(\Delta_1\)\(\Delta_2\) e \(\Delta_3\). Para calcular o primeiro delta nós atribuimos os resultados das equações na primeira coluna onde estão os valores que antecedem \(x\):

\(\Delta_1=\begin{vmatrix} -32 & 4 & -6 \\ 0 &0 & -6\\ 6&2&0 \end{vmatrix}=-528\)

Agora realizamos o mesmo processo para \(y\) e \(z\) respectivamente:

\(\Delta_2=\begin{vmatrix} 2 & -32 & -6 \\ 4 &0 & -6\\ 6&6&0 \end{vmatrix}=1080\)

\(\Delta_3=\begin{vmatrix} 2 & 4 & -32 \\ 4 &0 & 0\\ 6&2&6 \end{vmatrix}=-352\)

Agora para obtermos os valores de nossas variáveis precisamos apenas dividir os valores de \(\Delta_1\)\(\Delta_2\) e \(\Delta_3\) por  \(\Delta\) e encontramos os valores de \(x\)\(y\) e \(z\) respectivamente:

\(x=\frac{\Delta_1}{\Delta}=\frac{-528}{-168}=\frac{22}{7}\)

\(y=\frac{\Delta_2}{\Delta}=\frac{1080}{-168}=\frac{-45}{7}\)

\(z=\frac{\Delta_3}{\Delta}=\frac{-352}{-168}=\frac{44}{21}\)

Assim, temos que os valores para o vetor \(X\) são \((\frac{22}{7},\frac{-45}{7},\frac{44}{21})\).

User badge image

marilucia brito

Há mais de um mês

Preciso desta resposta please
User badge image

Evandro

Há mais de um mês

acho que essa questão está com erro, pois nenhuma das respostas fatisfaz a igualdade X.v=0

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas