A maior rede de estudos do Brasil

Uma autarquia pode falir? Explique.

Explique se uma autarquia pode ir a falência ou não. 


3 resposta(s)

User badge image

Michel

Há mais de um mês

Como são pessoas juridicas de direito interno, pertencem ao Estado, seus bens são do Estado. Sendo assim, não podemos ter uma situação onde é decretada sua falência pois o Estado não pode falir.

Definição doutrinária:

Autarquias são pessoas jurídicas de direito público interno, pertencentes à Administração Pública Indireta, criadas por lei específica para o exercício de atividades típicas da Administração Pública.

São criadas e extintas por lei específica: a personalidade jurídica de uma autarquia surge com a publicação da lei que a institui, dispensando o registro dos atos constitutivos em cartório. Nesse sentido, estabelece o art. 37, XIX, da Constituição Federal que “somente por lei específica será criada autarquia”. A referência à necessidade de lei “específica” afasta a possibilidade de criação de tais entidades por meio de leis multitemáticas. Lei específica é a que trata exclusivamente da criação da autarquia. Em respeito ao princípio da simetria das formas, se a criação depende de lei, então a extinção de autarquia igualmente exige lei específica, sendo inaplicável o regime extintivo falimentar;

 

Como são pessoas juridicas de direito interno, pertencem ao Estado, seus bens são do Estado. Sendo assim, não podemos ter uma situação onde é decretada sua falência pois o Estado não pode falir.

Definição doutrinária:

Autarquias são pessoas jurídicas de direito público interno, pertencentes à Administração Pública Indireta, criadas por lei específica para o exercício de atividades típicas da Administração Pública.

São criadas e extintas por lei específica: a personalidade jurídica de uma autarquia surge com a publicação da lei que a institui, dispensando o registro dos atos constitutivos em cartório. Nesse sentido, estabelece o art. 37, XIX, da Constituição Federal que “somente por lei específica será criada autarquia”. A referência à necessidade de lei “específica” afasta a possibilidade de criação de tais entidades por meio de leis multitemáticas. Lei específica é a que trata exclusivamente da criação da autarquia. Em respeito ao princípio da simetria das formas, se a criação depende de lei, então a extinção de autarquia igualmente exige lei específica, sendo inaplicável o regime extintivo falimentar;

 

User badge image

Especialistas PD

Há mais de um mês

Autarquias não podem falir. Segundo Maria Sylvia Zanella Di Pietro, “elas não têm a possibilidade de se extinguirem pela própria vontade; sendo criadas por lei, só outra lei poderá extingui-las, em consonância com o princípio do paralelismo das formas; por isso mesmo, não se aplicam a essas entidades as formas normais de extinção previstas no direito civil e comercial; (Direito Administrativo. e-book. 31ª ed. pg. 585)

Inclusive, o art. 1º da Lei 11.101/05 (Lei de Recuperação Judicial e Falência) indica que essa legislação se aplica somente ao empresário e a sociedade empresária. Autarquias não são sociedades empresárias.

 Art. 1o Esta Lei disciplina a recuperação judicial, a recuperação extrajudicial e a falência do empresário e da sociedade empresária, doravante referidos simplesmente como devedor.

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes