A maior rede de estudos do Brasil

Como é feita a partilha de bens na sucessão do cônjuge em concorrência com filhos comuns e exclusivos do de cujus?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Carlos Eduardo Ferreira de Souza Verified user icon

Há mais de um mês

A resposta adequada depende da informação acerca do regime de bens dos cônjuges, mas presumirei, para fins desta questão, que se trata de cônjuge como herdeiro legítimo e necessário.

Lembramos que, antes da sucessão, ocorrerá a meação, ficando o cônjuge com o que lhe cabia, ainda que o ex-cônjuge estivesse vivo.

Entretanto, quanto aos bens particulares do de cujus (autor da herança), a divisão será feita da seguinte forma: (art. 1.832, do CC)

(i) Quanto aos filhos em comum: sucede em igualdade com os filhos, mas sua parte não poderá ser inferior a 1/4 do total da herança.

(ii) Quanto aos filhos exclusivos: sucede em igualdade com os filhos.

De todo modo, ao cônjuge será garantido o direito real de habitação (art. 1.831, do CC)

A resposta adequada depende da informação acerca do regime de bens dos cônjuges, mas presumirei, para fins desta questão, que se trata de cônjuge como herdeiro legítimo e necessário.

Lembramos que, antes da sucessão, ocorrerá a meação, ficando o cônjuge com o que lhe cabia, ainda que o ex-cônjuge estivesse vivo.

Entretanto, quanto aos bens particulares do de cujus (autor da herança), a divisão será feita da seguinte forma: (art. 1.832, do CC)

(i) Quanto aos filhos em comum: sucede em igualdade com os filhos, mas sua parte não poderá ser inferior a 1/4 do total da herança.

(ii) Quanto aos filhos exclusivos: sucede em igualdade com os filhos.

De todo modo, ao cônjuge será garantido o direito real de habitação (art. 1.831, do CC)

User badge image

Matheus

Há mais de um mês

Inicilmente, depende do regime de bens do casamento.

O cônjuge só concorre com decendentes nos regimes da separação de bens (voluntária), da participação final nos aquestos e na comunão parcial de bens (se houverem bens particulares). Não concorrendo à herança com os descendentes do "de cujus" nos regimes da separação legal de bens (art. 1641 do CC), comunhão universal de bens (onde o cônjuge sobrevivente é meeiro) bem como na comunhão parcial de bens (quando só há bens comuns, adquiridos na constância do casamento, sendo o cônjuge, nessa hipótese, meeiro).

Se concorrer com os filhos somente do autor da herança , caberá ao cônjuge sobrevivente a mesma quota destinada aos descendentes, nos termos do art. 1832 do CC (primeira parte do artigo).

 

 

User badge image

Matheus

Há mais de um mês

Concorrendo com os filhos comuns, é assegurado ao cônjuge quota não inferior a 1/4 da herança, em conformidade com o art. 1832 do CC. Por exemplo: se concorrer com um único filho comum, caberá 50% à cada; se concorrer com 2 filhos comuns, tocará à cada 33,333%; se concorrer com 3 ou mais descendentes, caberá ao cônjuge 1/4 da herança.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas