A maior rede de estudos do Brasil

MISTURA DE SOLUÇÕES COM SOLUTOS QUE NÃO REAGEM

 

Como resolver esta questão?:

Dois frascos, A e B, contém, respectivamente, soluções 0,5 mol/L e 3,0 mol/L de ácido nítrico . Usando apenas estas soluções, calcule que volume de cada solução que você deve usar para preparar 150 mL de solução 1,0 mol/L de ácido nítrico.


3 resposta(s)

User badge image

Prevestibular Atomico

Há mais de um mês

va+vb=150,logo

va=150-vb

cf.vf=ca.va+cb.vb

1.150=0,5.(150-vb)+3.vb

150=75-0,5vb+3vb

150-75=2,5vb

75=2,5vb

vb=30

va=120

va+vb=150,logo

va=150-vb

cf.vf=ca.va+cb.vb

1.150=0,5.(150-vb)+3.vb

150=75-0,5vb+3vb

150-75=2,5vb

75=2,5vb

vb=30

va=120

User badge image

Anna Eliza Mourão

Há mais de um mês

ci.vi=cf.vf

3,5mol.vi=1.0mol,0,15l

3,5mol.vi=0,15mol/l

vi=0,15mol/l /3,5 mol

vi=0,043 litros ou 430mL

 

User badge image

Especialistas PD

Há mais de um mês

Temos uma mistura de soluções de mesmo soluto, que forma uma nova solução cuja concentração depende da relação entre a soma das massas do soluto e a soma dos volumes das soluções iniciais. Para isso podemos usar a fórmula:

Cf.Vf = C1.V1 + C2.V2

Substituindo os valores das soluções 1 e 2, dados no enunciado, temos:

1 . 0,15 = 0,5 . V1 + 3 . V2

Como V2 = 0,15 - V1

0,15 = 0,5 . V1 + 0,45 - 3V1

V1 = 0,12 L

Logo, V2 = 0,15 - V1

V2 = 0,03 L

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes