A maior rede de estudos do Brasil

Como se solucionar a questão do conflito de lei penal no tempo no crime continuado sobretudo na hipótese de lex gravior?


11 resposta(s)

User badge image

Bárbara Dornelles Flores

Há mais de um mês

Aplica-se a lei em vigor durante o tempo do crime, "durante" a prática do crime continuado. Por exemplo, o indivíduo comete vários roubos, digamos 7, se no meio tempo do cometimento do oitavo roubo for aprovada lei mais benéfica ou não, esta será aplicada. Pois não constitui hipótese de retroatividade, uma vez que parte do crime ocorreu depois da sua entrada em vigor e pelo próprio método de considerar crime continuado como um único ilícito para efeito a de aplicação da pena.
Aplica-se a lei em vigor durante o tempo do crime, "durante" a prática do crime continuado. Por exemplo, o indivíduo comete vários roubos, digamos 7, se no meio tempo do cometimento do oitavo roubo for aprovada lei mais benéfica ou não, esta será aplicada. Pois não constitui hipótese de retroatividade, uma vez que parte do crime ocorreu depois da sua entrada em vigor e pelo próprio método de considerar crime continuado como um único ilícito para efeito a de aplicação da pena.
User badge image

Glaziele Castro

Há mais de um mês

O crime continuado necessita para seu reconhecimento de diversas condutas sucessivas, periódicas e de mesma espécie, a exemplo de roubos sucessivos contra postos de gasolina, serao punidos com a lei do tempo em que ocorrer a consumacao final, ou seja, como os crimes são sucessivos, sera aplicada a lei vigente a epóca do último crime. A respeito de lei benéfica ou em prejuízo ap agente, será aplicada a regra comum, após o trânsito em julgado a lei só retroage para beneficiar o réu. Vide artigo 71, CP
User badge image

T M

Há mais de um mês

Aplica-se a lei penal mais grave, se sua vigência for anterior à cessação da continuidade (súmula 711 do STF).

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes