A maior rede de estudos do Brasil

. Defina a diferença entre escalonamento preemptivo e não-preemptivo. Explique por que o escalonamento não-preemptivo é improvável de ser utilizado em


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A diferença básica entre o agendamento preemptivo e não preventivo está no próprio nome. Isso é um agendamento preemptivo pode ser preempted; os processos podem ser agendados. Na programação não preemptiva, os processos não podem ser agendados.


O agendamento preemptivo é aquele que pode ser feito nas circunstâncias em que um processo muda do estado de execução para estado pronto ou do estado de espera para o estado pronto.


Aqui, os recursos (ciclos da CPU) são alocados para o processo pelo tempo limitado e, em seguida, são removidos, e o processo é colocado novamente na fila pronta, se ainda houver tempo de burst da CPU. O processo permanece na fila pronta até a próxima chance de execução.

A diferença básica entre o agendamento preemptivo e não preventivo está no próprio nome. Isso é um agendamento preemptivo pode ser preempted; os processos podem ser agendados. Na programação não preemptiva, os processos não podem ser agendados.


O agendamento preemptivo é aquele que pode ser feito nas circunstâncias em que um processo muda do estado de execução para estado pronto ou do estado de espera para o estado pronto.


Aqui, os recursos (ciclos da CPU) são alocados para o processo pelo tempo limitado e, em seguida, são removidos, e o processo é colocado novamente na fila pronta, se ainda houver tempo de burst da CPU. O processo permanece na fila pronta até a próxima chance de execução.

User badge image

Jailson Sousa Silva

Há mais de um mês

NAO-PREEMPTIVO: neste tipo de escalonamento, quando um processo está em execução nenhum evento externo pode ocasionar a perda do uso doprocessador. O processo somente sai do estado de execução caso termine o processamento ou execute instruções do próprio código que ocasionem uma mudança p/ o estado de espera.
Os três tipos mais comunsde escalonamento não-preemptivo são:
-Escalonamento First-in-Fisrt-ou ( FIFO )
-Escalonamento SHortest-Job-First(SJF)
-Escalonamento Cooperativo

no escalonamento preemptivo So pode interromper um processo em execução e passa-lo, para o estado de pronto. com o objetivo de alocar  outro processo na CPU. como o uso da preempçãoé possivel ao SO priorizar o processo da execução, onde o fator de tempo é critico.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

A diferença básica entre o agendamento preemptivo e não preventivo está no próprio nome. Isso é um agendamento preemptivo pode ser preempted; os processos podem ser agendados. Na programação não preemptiva, os processos não podem ser agendados.


O agendamento preemptivo é aquele que pode ser feito nas circunstâncias em que um processo muda do estado de execução para estado pronto ou do estado de espera para o estado pronto.


Aqui, os recursos (ciclos da CPU) são alocados para o processo pelo tempo limitado e, em seguida, são removidos, e o processo é colocado novamente na fila pronta, se ainda houver tempo de burst da CPU. O processo permanece na fila pronta até a próxima chance de execução.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

A diferença básica entre o agendamento preemptivo e não preventivo está no próprio nome. Isso é um agendamento preemptivo pode ser preempted; os processos podem ser agendados. Na programação não preemptiva, os processos não podem ser agendados.


O agendamento preemptivo é aquele que pode ser feito nas circunstâncias em que um processo muda do estado de execução para estado pronto ou do estado de espera para o estado pronto.


Aqui, os recursos (ciclos da CPU) são alocados para o processo pelo tempo limitado e, em seguida, são removidos, e o processo é colocado novamente na fila pronta, se ainda houver tempo de burst da CPU. O processo permanece na fila pronta até a próxima chance de execução.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas