A maior rede de estudos do Brasil

1) Com relação as processo legislativo brasileiro qual é o âmbito de aplicação da Lei Complementar. A lei complementar observa hierarquia no âmbito do

1)      Com relação as processo legislativo brasileiro qual é o âmbito de aplicação da Lei Complementar. A lei complementar observa hierarquia no âmbito do processo legislativo? Cite exemplos de espécies tributarias que exigem para o efeito do principio da legalidade, em toda sua extensão, a lei complementar.

2)      A medida provisória pode ser utilizada para disciplina de matéria tributária? Quais são as peculiaridades da utilização da medida provisória em matéria tributaria. Fale sobre as exceções do principio da irretroatividade em matéria tributaria. Cite exemplos.


1 resposta(s)

User badge image

Bruno Ferreira

Há mais de um mês

1) As leis complementares vem logo abaixo das constitucionais (tem hierarquia). As Normas Complementares são as que regulam matérias especiais estipuladas no Texto Maior, relacionadas com um determinado assunto (vai depender muito o principio de sua legalidade, ex- mês passando estavam discutindo, não me lembro se era no senado ou na camara, uma lei complementar, que falava na distribuição de um dinheiro para uma ferrovia que estava entrando em falencia), conforme prevê o art. 69 da CF/88.

 2) Amanda, a medida provisória pode ser usada sim na área tributária, art. 62, §1°, I, b). Você pode ter um bom exemplo, neste texto http://www.faap.br/revista_faap/rel_internacionais/rel_04/renaldo.htm, de como o órgão executivo se envolveu no tributário.

1) As leis complementares vem logo abaixo das constitucionais (tem hierarquia). As Normas Complementares são as que regulam matérias especiais estipuladas no Texto Maior, relacionadas com um determinado assunto (vai depender muito o principio de sua legalidade, ex- mês passando estavam discutindo, não me lembro se era no senado ou na camara, uma lei complementar, que falava na distribuição de um dinheiro para uma ferrovia que estava entrando em falencia), conforme prevê o art. 69 da CF/88.

 2) Amanda, a medida provisória pode ser usada sim na área tributária, art. 62, §1°, I, b). Você pode ter um bom exemplo, neste texto http://www.faap.br/revista_faap/rel_internacionais/rel_04/renaldo.htm, de como o órgão executivo se envolveu no tributário.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes