A maior rede de estudos do Brasil

O que é o dano moral In Re Ipsa?

Sobre danos morais

Direito Civil IUNIDESC

2 resposta(s)

User badge image

Raquel

Há mais de um mês

Trata-se de dano moral presumido, ou seja, não é preciso comprovação de culpa, como ocorre no caso de colocar indevidamente o nome de alguém no cadastro de maus pagadores.  In re ipsa, quer dizer: "Pela força dos próprios fatos".  E como nada no direito tem caráter absoluto, aqui não é diferente, pois é necerssário que se faça demonstração cabal de que os fatos resultaram numa ofença a personalidade da pessoa, o que ocorre no caso por exemplo, de atraso de voo. 

 

Espero ter contribuido para seus estudos. Quem gostou, por favor, dê um "like" =D 

 

 

Trata-se de dano moral presumido, ou seja, não é preciso comprovação de culpa, como ocorre no caso de colocar indevidamente o nome de alguém no cadastro de maus pagadores.  In re ipsa, quer dizer: "Pela força dos próprios fatos".  E como nada no direito tem caráter absoluto, aqui não é diferente, pois é necerssário que se faça demonstração cabal de que os fatos resultaram numa ofença a personalidade da pessoa, o que ocorre no caso por exemplo, de atraso de voo. 

 

Espero ter contribuido para seus estudos. Quem gostou, por favor, dê um "like" =D 

 

 

User badge image

Cibele

Há mais de um mês

É o dano moral presumido basicamente.

Segue referências para sua pesquisa:

Fonte:http://lfg.jusbrasil.com.br/noticias/166872/o-que-se-entende-por-dano-moral-in-re-ipsa

Trata-se de dano moral presumido.

Em regra, para a configuração do dano moral é necessário provar a conduta, o dano e o nexo causal.

Excepcionalmente o dano moral é presumido, ou seja, independe da comprovação do grande abalo psicológico sofrido pela vítima.

Um exemplo de dano moral in re ipsa é o decorrente da inscrição indevida em cadastro de inadimplentes, pois esta presumidamente afeta a dignidade da pessoa humana, tanto em sua honra subjetiva, como perante a sociedade.

Vejamos o entendimento do STJ:

Resp 718618 RESPONSABILIDADE CIVIL. DANO MORAL. REGISTRO NO CADASTRO DE DEVEDORES DO SERASA. EXISTÊNCIA DE OUTROS REGISTROS. INDENIZAÇÃO. POSSIBILIDADE. A existência de registros de outros débitos do recorrente em órgãos de restrição de crédito não afasta a presunção de existência do dano moral, que decorre in re ipsa, vale dizer, do próprio registro de fato inexistente . Precedente. Hipótese em que o próprio recorrido reconheceu o erro em negativar o nome do recorrente. Recurso a que se dá provimento.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes