A maior rede de estudos do Brasil

A fosforilação de glicose seguida de defosforilação constitui um ciclo fútil em células do parênquima hepático. Explique a reação.

Metabolismo de carboidratos

 

Bioquímica IBiológicas / Saúde

1 resposta(s)

User badge image

Luis

Há mais de um mês

A reação da glucoquinase não está em equilíbrio em condições intracelulares normais por causa da restrição de velocidade imposta pelo alto valor de S0,5 e inibição pela proteína regulatória. Outro fator, em oposição à atividade da glucoquinase, é a glicose 6-fosfatase que, como a glucoquinase, tem um Km alto (3mM) para glicose 6-fosfato, em relação à sua concentração intracelular normal ( -0,2mM). Assim, o fluxo por essa etapa é quase que diretamente proporcional à concentração intracelular de glicose 6-fosfato. A ação combinada da glucoquinase e da glicose 6-fosfatase  constitui um ciclo fútil, isto é, a soma de suas reações é a hidrolise de ATP para dar ADP + Pi, sem realização de qualquer trabalho.

A reação da glucoquinase não está em equilíbrio em condições intracelulares normais por causa da restrição de velocidade imposta pelo alto valor de S0,5 e inibição pela proteína regulatória. Outro fator, em oposição à atividade da glucoquinase, é a glicose 6-fosfatase que, como a glucoquinase, tem um Km alto (3mM) para glicose 6-fosfato, em relação à sua concentração intracelular normal ( -0,2mM). Assim, o fluxo por essa etapa é quase que diretamente proporcional à concentração intracelular de glicose 6-fosfato. A ação combinada da glucoquinase e da glicose 6-fosfatase  constitui um ciclo fútil, isto é, a soma de suas reações é a hidrolise de ATP para dar ADP + Pi, sem realização de qualquer trabalho.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes