A maior rede de estudos do Brasil

Quais são as subdivisões do trígono anterior do pescoço?

.


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Os músculos tratam-se de tecidos do corpo humano que têm por função a contração e a distensão das células para possibilitar os movimentos. As centenas de músculos que constituem o corpo humano além de auxiliar no movimento, torna o esqueleto estável e preenche o corpo, ligando os ossos com o sistema nervoso.

A contração acontece através de impulsos elétricos enviados pelo sistema nervoso central através dos nervos que, por sua vez, torna possível a entrada de sódio no músculo e a saída do potássio, liberando cálcio e causando o deslizamento das células proteicas de actina e miosina.

Nesse contexto, o trígono anterior do pescoço é uma região delimitada pela margem anterior do esternocleidomastóideo, pela inferior da mandíbula e pela linha medianta anterior. Em tal trígono, o osso hióide divide o mesmo em duas regiões: supra-hióidea e infra-hióidea.

Os músculos tratam-se de tecidos do corpo humano que têm por função a contração e a distensão das células para possibilitar os movimentos. As centenas de músculos que constituem o corpo humano além de auxiliar no movimento, torna o esqueleto estável e preenche o corpo, ligando os ossos com o sistema nervoso.

A contração acontece através de impulsos elétricos enviados pelo sistema nervoso central através dos nervos que, por sua vez, torna possível a entrada de sódio no músculo e a saída do potássio, liberando cálcio e causando o deslizamento das células proteicas de actina e miosina.

Nesse contexto, o trígono anterior do pescoço é uma região delimitada pela margem anterior do esternocleidomastóideo, pela inferior da mandíbula e pela linha medianta anterior. Em tal trígono, o osso hióide divide o mesmo em duas regiões: supra-hióidea e infra-hióidea.

User badge image

Estudante

Há mais de um mês

Anterior – subdivisões: 

Trígono submandibular: entre os dois ventres do digástrico e o corpo da mandíbula.
Trígono supra-hióideo: entre os dois ventres anteriores do digástrico e o osso hióide.
Trígono  Carotídeo: entre o ventre posterior do digástrico, o ventre superior do Omo-Hióideo e o ECOM (esternocleidomastóideo).
Trígono Muscular: entre o ventre superior do Omo-Hióideo, a linha mediana do pescoço e a borda anterior do ECOM. Também é chamado de trígono carótídeo inferior.

User badge image

Vitória

Há mais de um mês

Trígono Submandibular

É um trígono muito pequeno localizado na linha mediana , delimitado inferiormente pelo osso hióideo que forma a base do triangulo e como limites laterais temos os ventres anteriores de ambos os m. digástricos que formam o vértice do trígono em suas inserções no mento.

 

 
 

Trígono Digástrico

É também um trígono pequeno em numero de dois, um de cada lado, limitados pelos músculos digastricos. O limite superior se faz pela margem inferior da mandíbula que forma a base do triangulo e como limites laterais temos os ventres anteriores e posteriores do m. digástrico que forma o vértice do triangulo com seu tendão intermédio. Seu assoalho é formado pelo m. milo-hióideo. É nesse trígono que encontramos a glândula salivar submandibular.

 

 
 

Trígono Carotídeo Superior

Neste trígono encontramos a bifurcação da artéria carótida comum e a veia jugular interna. Seu limite superior e medial se faz pelo ventre posterior do m. digástrico, seu limite inferior pelo osso hióideo e pela linha imaginaria que se prolonga até o m. esternocleidomastóideo, que faz o limite lateral do trígono.

User badge image

Queile

Há mais de um mês

RÍGONO CERVICAL ANTERIOR
O trígono cervical anterior possui: um limite anterior, formado pela linha mediana do pescoço; um limite posterior, formado pela margem anterior do músculo esternocleidomastóideo; e um limite superior, formado pela margem inferior da mandíbula.
O trígono cervical anterior é dividido em 4 subtrígonos:
1- trígono carotídeo;
2- trígono visceral;
3- trígono submandibular;
4- trígono submentoniano.

Limites do trígono carotídeo:
- borda anterior do ECOM;
- músculo digástrico (pelo ventre posterior);
- músculo omo-hióideo;
- artéria carótida comum (divide-se em interna e externa).
A carótida interna é mais medial e mais superficial do que a carótida externa (que é mais profunda).
- veia jugular interna (faz toda a drenagem do SNC);
- alça do hipoglosso (inerva os músculos do trígono carotídeo);
- nervo vago (passa entre a veia jugular interna e artéria carótida);
- linfonodos (que recebem toda a drenagem linfática da cabeça).

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas