A maior rede de estudos do Brasil

O que é medula óssea vermelha?

Anatomia IUFBA

5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A medula óssea é um tecido gelatinoso altamente vascularizado que contém células-tronco hematopoiéticas (HSCs) e mesenquimais (MSCs). Essas células geram células progenitoras que se diferenciam em uma variedade de tipos de células, incluindo osteócitos (células ósseas), adipócitos (células de gordura), miócitos (células musculares), eritrócitos (glóbulos vermelhos) e glóbulos brancos.


Nesse âmbito, existem dois tipos de medula óssea: vermelha e amarela. Ambas as variedades contêm os mesmos constituintes, mas os níveis desses componentes variam, resultando nas características e funções únicas de cada medula.


A medula vermelha, também chamada de tecido mieloide, é altamente vascularizada e produz principalmente HSCs, que se diferenciam em células progenitoras que geram hemácias (colorindo esta medula vermelha), glóbulos brancos e plaquetas. Estas células diferenciadas entram na circulação sanguínea através dos sinusóides.

A medula óssea é um tecido gelatinoso altamente vascularizado que contém células-tronco hematopoiéticas (HSCs) e mesenquimais (MSCs). Essas células geram células progenitoras que se diferenciam em uma variedade de tipos de células, incluindo osteócitos (células ósseas), adipócitos (células de gordura), miócitos (células musculares), eritrócitos (glóbulos vermelhos) e glóbulos brancos.


Nesse âmbito, existem dois tipos de medula óssea: vermelha e amarela. Ambas as variedades contêm os mesmos constituintes, mas os níveis desses componentes variam, resultando nas características e funções únicas de cada medula.


A medula vermelha, também chamada de tecido mieloide, é altamente vascularizada e produz principalmente HSCs, que se diferenciam em células progenitoras que geram hemácias (colorindo esta medula vermelha), glóbulos brancos e plaquetas. Estas células diferenciadas entram na circulação sanguínea através dos sinusóides.

User badge image

Carlos

Há mais de um mês

medula óssea é constituída por um tecido esponjoso mole localizado no interior dos ossos longos. É nela que o organismo produz praticamente todas as células do sangue: glóbulos vermelhos (Eritrócitos), glóbulos brancos (Leucócitos) e plaquetas (Trombócitos).

User badge image

Tarcilio

Há mais de um mês

A medula óssea vermelha está presente nos fetos, em quase todos seus ossos, e essa quantidade de hemocitoblastos vai diminuindo conforme aumenta a idade do indivíduo, sendo substituída por células adiposas e modificando a cor da medula, de vermelha para amarela e já não produz mais sangue, servindo como depósito de gordura. A produção de sangue se concentra na extremidade dos ossos.
User badge image

Andre

Há mais de um mês

A medula óssea é um tecido gelatinoso altamente vascularizado que contém células-tronco hematopoiéticas (HSCs) e mesenquimais (MSCs). Essas células geram células progenitoras que se diferenciam em uma variedade de tipos de células, incluindo osteócitos (células ósseas), adipócitos (células de gordura), miócitos (células musculares), eritrócitos (glóbulos vermelhos) e glóbulos brancos.


Nesse âmbito, existem dois tipos de medula óssea: vermelha e amarela. Ambas as variedades contêm os mesmos constituintes, mas os níveis desses componentes variam, resultando nas características e funções únicas de cada medula.


A medula vermelha, também chamada de tecido mieloide, é altamente vascularizada e produz principalmente HSCs, que se diferenciam em células progenitoras que geram hemácias (colorindo esta medula vermelha), glóbulos brancos e plaquetas. Estas células diferenciadas entram na circulação sanguínea através dos sinusóides.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas